Notícia

Alagamentos em Vila Velha no alvo de plano de desastres naturais

Vila Velha passa a contar com Plano de Contingência para casos de desastres naturais

Imagens de drone mostram alagamentos na Grande Cobilândia
Imagens de drone mostram alagamentos na Grande Cobilândia
Foto: Internauta/Hemerson Oliveira

A cidade de Vila Velha passa a contar com um Plano de Contingência para casos de desastres naturais. Segundo a prefeitura, o plano foi elaborado a partir dos principais cenários de risco existentes no município, como alagamentos e enxurradas, bem como da análise do histórico de desastres registrados pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC).

Em entrevista à Rádio CBN Vitória, o assessor especial da Defesa Civil de Vila Velha, Coronel Marcelo D’Isep, explica como o plano vai funcionar. "O plano tem o objetivo de articular e facilitar a prevenção, preparação e resposta aos desastres no município de Vila Velha, estabelecendo as atribuições de cada um dos órgãos e das instituições integrantes, constituindo-se em uma ferramenta institucional de auxílio para a minimização de efeitos desastrosos e restabelecimento da normalidade social".

O envio de torpedos sobre alertas de chuva para a população constitui um importante canal de divulgação da situação na cidade. Além disso, gatilhos ligados a volume de chuva na cidade, cota de inundação do Rio Jucu estarão sendo sempre monitorados, além de canais diretos com autoridades estaduais e federais. "Em Vila Velha temos o 38º BI que já atuou em outras ocasiões", lembra. 

Ouça a explicação completa:

Ver comentários