Notícia

Dia da Kombi: veículo é paixão de capixabas e guarda histórias

Diretor de clube fala sobre o sentimento que os automóveis despertam desde a infância

A Kombi: destaque em exposições
A Kombi: destaque em exposições
Foto: Fernando Madeira

O dia 2 de setembro marca o dia nacional da Kombi, que atrai admiradores do veículo para clubes de carros antigos ou aqueles que preservam uma paixão em comum. Em entrevista à Rádio CBN Vitória, Jaime Vieira Locatelli, integrante da direção do “Clube do Antigos da Alta”, explica curiosidades, como a Kombi ter a mesma plataforma do famoso Fusca, e que por ser um veículo multiuso, as histórias em torno do veículo são inúmeras.

Jaime participa do clube há quatro anos e esclarece que o clube, cujo nome faz referência à Cidade Alta, em Vitória, é aberto às pessoas que possuem automóveis antigos. A kombi é vista como uma “queridinha” pelos integrantes.

O amor do aposentado pela Kombi começou logo na infância. Desde que era criança observava o pai usando o automóvel para carregar toda a família. Quando cresceu, fez questão de comprar uma, ele conta que a kombi serve para tudo e que está em outro nível se comparada a outros carros. Esse amor ele conseguiu passar, inclusive, para os filhos - o mais novo, que é músico, participa de um projeto, na Capital, no qual ele utiliza a kombi levando música em Vitória. Locatelli acredita que os capixabas, de forma geral, assim como muitos brasileiros, têm uma relação de afinidade e apego moral com a kombi.

Ouça a entrevista completa:

Ver comentários