Notícia

Empresas já reúnem dados para Cadastro Positivo operar em 2020

Serasa, Quod, Boa Vista e SPC poderão receber dados das instituições financeira

Cadastro positivo vai reunir informações da vida financeira do consumidor
Cadastro positivo vai reunir informações da vida financeira do consumidor
Foto: Divulgação

O Banco Central (BC) homologou as primeiras empresas gestoras de banco de dados de registro, que viabilizará o funcionamento do Cadastro Positivo de clientes do sistema financeiro. São elas: Serasa, Quod, Boa Vista e SPC, que poderão receber das instituições financeiras, como bancos, os dados de pagamento dos clientes, e então atribuir a eles uma uma nota de crédito, reconhecendo automaticamente os bons pagadores. 

Em entrevista à Rádio CBN Vitória, Geraldo Calenzani, gerente de negócios da Câmara de Dirigentes Lojistas de Vitória (CDL - Vitória), explica que o levantamento das informações dos últimos 12 meses dos clientes começa agora e deve se estender até o final do ano. "Assim, a efetivação do cadastro deve se dar no início do próximo ano", explicou. 

É necessário 60 dias regulamentares para estruturar o sistema de pontuação dos consumidores. Calenzani explica que também não será usado nome "birô de crédito" para quem atuar com as informações do cadastro. As empresas serão denominadas de "empresas gestoras de banco de dados". Ouça as explicações:

MAIS INFORMAÇÕES:

- O cadastro positivo funciona como um banco de dados para apontar quem paga as contas em dia. Os bancos e empresas poderão incluir o nome do consumidor e sua respectiva nota de crédito nesse cadastro de forma automática, sem precisar de autorização prévia do cliente. É o que já acontece com o cadastro negativo, ou seja, a lista dos inadimplentes;

- O consumidor que não quiser que suas informações sejam compartilhadas poderá pedir a qualquer momento a exclusão de seu nome do banco de dados, e Serasa, Quod, Boa Vista e SPC terão de oferecer canais de comunicação para que o cliente, se desejar, conteste ou peça correção de informações;

- Na avaliação do BC, a expectativa é que o cadastro aprimore a avaliação de risco de crédito feita pelas instituições financeiras, e que isso contribua para a redução do chamado spread bancário (a diferença entre o custo de captação do dinheiro pelos bancos e as taxas aplicadas aos clientes);

- O Cadastro Positivo terá dados que sejam atrelados à análise de crédito. Por exemplo, o rotativo do cartão de crédito, financiamentos bancários e contas de pagamento (água, luz etc). Entretanto, informações sensíveis (religião, posições políticas, dados de saúde, entre outros) não farão parte da plataforma.

Ver comentários