Notícia

Suicídio: especialista alerta sobre sinais no comportamento de jovens

É possível evitar 90% dos casos de suicídio, alerta psiquiatra especialista em adolescentes e jovens

 

Suicídio: tema é delicado mas precisa de discussão
Suicídio: tema é delicado mas precisa de discussão
Foto: Pixabay

É necessário falar sobre suicídio entre adolescentes e jovens. Dados apontam que a faixa etária entre 15 e 29 anos tem registrado números crescentes de mortes. Em entrevista à Rádio CBN Vitória, o psiquiatra da Infância e Adolescência, Dr. Ricardo Krause, fala que se observado devidamente, esses jovens dão sinais de que há algo errado, como uma doença psiquiátrica prévia, transtorno por uso de sustâncias tóxicas, como álcool e drogas, e a depressão. Assim, com a ajuda correta é possível evitar o pior.

Ele participa, nesta quarta-feira (09), do evento “Encontros do Saber”, na Rede Gazeta. O tema é “Precisamos falar sobre suicídio e homicídio entre os jovens”. Alerta também sobre o uso excessivo de internet. "Hoje observamos que as crianças não tem brincadeiras presenciais, que são fundamentais para o processo de amadurecimento, além disso os pais tem cada vez menos diálogo com eles. A redução nas horas de sono para ficar conectado é outro problema", alerta. Ouça a entrevista:

Mais informações pelo site leiaag.com.br/encontrosdosaber.

Ver comentários