Notícia

Médica aponta mitos e verdades sobre fertilidade

A especialista Letícia Piccolo afirma que o sonho da maternidade não deve ser postergado, porque não produz óvulos ao longo da vida.

Infertilidade atinge muitos casais
Infertilidade atinge muitos casais
Foto: Divulgação

A fertilidade, do latim fertilitate, é essencial para que mulheres e homens se reproduzam. O assunto, porém, é cercado de mitos e verdades que podem influenciar bastante a decisão e o momento de engravidar. Por isso, vamos conversar com a médica Ginecologista-Obstetra e especialista em Fertilidade e Reprodução Humana, Letícia Piccolo, que vai esclarecer as questões ligadas à fertilidade. Ela alerta que o sonho da maternidade não pode ser postergado, já que isso pode trazer complicações no futuro. Acompanhe!

MAIS INFORMAÇÕES:

- Quando mais nova a mulher, mais fácil ela vai engravidar. VERDADE.

- Colocar as pernas pra cima depois da relação ajuda os espermatozoides a entrar. MITO.

- Útero retrovertido atrapalha a engravidar. MITO.

- Quando transferimos o embrião em blastocisto, a taxa de gravidez é maior. DEPENDE.

- É impossível engravidar naturalmente após laqueadura tubária e vasectomia. MITO.

- Não é possível engravidar sem ter relação. MITO.

OBS.: o exame de sangue não ajuda a engravidar, mas aponta que suas taxas, reserva ovariana, estão baixas e auxilia na indicação do melhor tratamento.

Ver comentários