Notícia

Rumo aos 100 anos? Ciência aponta segredos da longevidade, diz médico

Médico explica, em livro lançado nesta semana, como alimentação, exercício e domínio sobre o metabolismo abrem espaço uma longevidade saudável

Expectativa cresce e envelhecimento deve ser debatido
Expectativa cresce e envelhecimento deve ser debatido
Foto: Reprodução/Pixabay

 

 

Médico Cláudio Ambrosio
Médico Cláudio Ambrosio
Foto: Divulgação

Os números já apontam para o aumento da expectativa de vida da população brasileira, mas você já se imaginou chegando aos 100 anos de idade? A ciência avança cada vez mais na área da saúde, longevidade e estética. Em entrevista à Rádio CBN Vitória, Dr. Cláudio Ambrósio, médico pós-graduado em metabolismo e endocrinologia, explica que os recentes exames de genética apontam, inclusive, quais as melhores categorias adequadas para o indivíduo.

Nesta semana o médico lançou, em Vitória, o livro "E se você viver mais de 100 anos?", onde aborda itens sobre como não envelhecer antes do tempo; o que é a medicina preventiva e qual a sua vantagem ; como a tecnologia pode favorecer a sua saúde e qual será o futuro da medicina e o seu. Ouça:

SAIBA MAIS:

- A notícia de que é possível viver até os 100 anos pode ser bem interessante, mas se pensarmos que tornamos "velhos" aos 65 e que podemos passar mais de trinta anos sem ter mente e corpo sadios, pode transformar essa informação em um pesadelo, que está logo ali, aguardando para tornar-se realidade;

- Uma coisa é certa: temos grandes chances de chegar ao centenário, no entanto, como será a experiência qualitativa que teremos até lá depende única e exclusivamente do que estamos construindo hoje – e quanto antes começarmos, melhor. O ser humano está vivendo cada vez mais, sobre isso não há dúvida.

- Atualmente dispomos de vacinas,antibióticos, medicações, cirurgias com tecnologia de ponta, além das oportunidades infinitas para exercitar a mente e o corpo. Entretanto, o nosso organismo ainda não se adaptou a essa vida de longo prazo e começa a apresentar problemas que fazem com que a nossa velhice se torne uma experiência muito ruim. No entanto, a ciência e a medicina, aliadas à tecnologia, têm desenvolvido soluções incríveis que nos ajudarão não apenas a ter uma velhice mais saudável, mas a entrarmos mais tarde nessa fase de nossa vida".

Ver comentários