Notícia

Automação coloca em risco 60% dos empregos nas próximas décadas

Ouça a entrevista com o pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Yuri Oliveira de Lima

Um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro aponta que com o avanço da 4ª Revolução Industrial e as discussões sobre o Futuro do Trabalho no Brasil, as novas tecnologias poderão impactar fortemente em diversas ocupações. 

A pesquisa se baseia numa estimativa da probabilidade de automação para cada uma das mais de 2.500 ocupações brasileiras e os resultados mostram que 60% do emprego no Brasil deve ser altamente impactado pela automação nas próximas décadas.  A análise do pesquisador Yuri Oliveira de Lima também indica que os grupos sociais mais vulneráveis serão os mais impactados.

Profissões como assistente administrativo, auxiliar de escritório, vendedor de comércio varejista, alimentador de linha de produção e operador de caixa estão entre as ocupações com grandes chances de serem substituídas pela máquina. 

 

 

 

 

Ver comentários