Notícia

Taxar aço exportado pelo ES pode impactar produtos americanos

Apesar de falar em tarifar aço produzido no Brasil, presidente dos Estados Unidos não foi claro como se daria essa medida

Aço: nova discussão sobre tarifa
Aço: nova discussão sobre tarifa
Foto: Berg Silva

Em uma publicação no Twitter, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que Brasil e Argentina têm desvalorizado as próprias moedas e, por conta disso, anunciou que vai retomar tarifas sobre aço e alumínio provenientes dos dois países da América do Sul. A decisão ainda não é clara sobre valor de tarifa ou produto especificado, assim não é possível medir o impacto no mercado siderúrgico do Espírito Santo, que tem a maior parte de suas vendas feitas para o mercado norte americano, como explica em entrevista à Rádio CBN Vitória, Durval Vieira de Freitas, Gerente do Fórum "Mais Negócios" da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes).

Ele lembra que a exportação capixaba são de produtos produzido principalmente na Ponta de Tubarão, na Grande Vitória, e que se destaca pela placas de aço. "Empresas americanas compram as placas de aço para beneficiar lá (nos Estado Unidos), portanto, se houver aumento de tarifa, pode encarecer produtos feitos lá", ponderou. Ouça a entrevista:

 

 

Ver comentários