Notícia

Vila Velha investiga de cinco casos suspeitos de Covid-19

Vila Velha detalha estratégias de prevenção ao coronavírus

Coronavírus - Divulgação
Coronavírus - Divulgação
Foto: Divulgação

O acompanhamento das ações contra o coronavírus voltam a ser destaque na programação da Rádio CBN Vitória. Na última atualização, até o domingo (08), a Secretaria da Saúde (Sesa) registrou 30 notificações do Covid-19 (novo coronavírus). São 17 casos sob investigação: um no Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), no Rio de Janeiro, e outros 16 no Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen/ES). O único caso confirmado, até agora, é de uma mulher, de 37 anos, moradora de Vila Velha. Em entrevista, Giovana Ramalho, coordenadora da Vigilância Epidemiológica da cidade, explica que o quadro da paciente permanece evoluindo para melhora, inclusive com diminuição de tosse, mas é preciso que acabem todos os sintomas para ser liberada. Os familiares dela se mantém assintomáticos.

A prefeitura informa que ficou definido que os dois prontos atendimentos do município, PA da Glória e PA de Cobilândia seriam os serviços referência na coleta do exame dos pacientes suspeitos de coronavírus e que os usuários da rede privada de saúde que não quisessem acessar o serviço público, poderiam buscar dentro de Vila Velha, o hospital de sua preferência para ser adequadamente avaliado e examinado, tendo em vista que todos os hospitais privados foram capacitados tanto para coleta do exame, quanto na suspeição, manejo clínico e tratamento da doença.

A coordenadora destaca que o momento é usar a higiene das mãos como aliada, com uso de água e sabão e também de álcool em gel. Sobre notícias falsas que circularam durante o final de semana afirmando que o PA de Cobilândia estaria fechado por ter recebido um paciente suspeito de Covid-19, Geovana explica que não há nenhum protocolo que determine o fechamento de uma unidade que receba algum caso suspeito.

Sobre os números do município, ela afirma que a cidade teve seis casos descartados, outros cinco ainda estão em investigação para Coronavírus e um caso confirmado, que foi o primeiro do Espírito Santo. Ouça a conversa e as orientações:

Ver comentários