Notícia

Plano Diretor Municipal de Vila Velha deve priorizar ciclovias

Na área da Mobilidade Urbana, grande parte das pessoas que opinaram pediram mais investimentos em ciclovia

O texto do Plano Diretor Municipal (PDM) de Vila Velha será levado a consulta pública entre os dias 10 de outubro e 7 de novembro. Foram 335 propostas enviadas pelos moradores da cidade que opinaram sobre as prioridades para o crescimento ordenado da cidade. Na área da Mobilidade Urbana, grande parte das pessoas que opinaram pediram mais investimentos em ciclovia.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade (SEMSU), Antônio Marcus Machado, o município entende que é preciso priorizar o transporte público e os mais sustentáveis, como a bicicleta, em detrimento dos carros. A administração toma como exemplos cidades mundialmente conhecidas pela boa mobilidade urbana, de acordo com o secretário.

“Copenhague é uma cidade com 400 km de ciclovia. Vila Velha tem em torno de 40 km. Então, essa é uma cidade que é referência para a gente. Dijon, na França, é uma outra, que tem 250 km. Essas são as cidades modernas, que são feitas para as pessoas, não mais para os carros.”

Ainda segundo Antônio Marcus Machado, é preciso pensar em uma nova maneira de se viver na cidade para oferecer mais qualidade de vida para a população. “Aqueles conceitos de se morar longe de onde se trabalha, de onde se diverte, isso tem que ser superado. Nós temos que prestigiar os centros urbanos fazendo com que a pessoa se desloque menos e consiga morar, trabalhar e se divertir em lugares muito próximos.

Nesta segunda-feira (2), Vila Velha também começou a discutir com sociedade o Plano de Mobilidade do município. A partir do documento, serão criadas diretrizes para questões como sinalização de ruas, atuação da Guarda Municipal e prioridades de investimentos em modais de transporte.

O Plano de Mobilidade deve ser apresentado em fevereiro de 2018. A expectativa é visitar 10 mil residências para saber como a população se locomove, em quais horários, quanto tempo fica fora de casa, entre outras questões.

Ver comentários