Notícia

Polícia vai usar câmeras para multar motoristas infratores na BR 101

Convênio com a Eco101 vai permitir que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) utilize imagens das 312 câmeras instaladas na rodovia para flagrar infrações de trânsito, no Espírito Santo

Os motoristas que trafegam na BR 101, no Espírito Santo, devem ficar atentos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) assinou um convênio com a concessionária Eco101, que administra a rodovia, e vai usar as 312 câmeras da empresa instaladas na via para multar condutores que forem flagrados pelos equipamentos cometendo infrações de trânsito.

Do total, 289 câmeras estão espalhadas pelas sete praças de pedágio da BR 101. Elas captam, principalmente, imagens das cabines e das pistas. Ao longo da rodovia são 23 equipamentos, mas a concessionária já solicitou à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a instalação de outras 63 câmeras.

 

De acordo com o superintendente da PRF no Espírito Santo, Wylis Lyra, apenas infrações em que é possível visualizar a ação do motorista pelas câmeras poderão resultar em multas. "Eu consigo identificar se uma pessoa está sem cinto de segurança ou usando o celular. A vigilância será maior. Todas as infrações de conduta do motorista são passíveis de punição pelas câmeras. Aquelas infrações relativas à condição do veículo, como licenciamento e pneu careca, têm que ser verificadas pela abordagem", explica.

O chefe de atendimento ao usuário da Eco101, Rodrigo Cosentino Rodrigues, diz que algumas das câmeras estão instaladas em postes de até 15 metros, com 1,5 km de alcance no zoom e ângulo de 360 graus. "São sete praças de pedágios divididas ao longo da rodovia, e 23 câmeras em outros pontos. Isso dá um grande alcance para a fiscalização. Conseguimos monitorar usuários que tiveram pane nos veículos e algum acidente também", ressalta.

Até o momento, somente os postos da PRF de Guarapari e da Serra têm o videomonitoramento funcionando, com cada unidade fiscalizando seu trecho. Até o final de dezembro, todas as unidades terão o monitoramento e, em janeiro, a central será montada na superintendência da Polícia Rodoviária Federal, em Vitória.

A corporação já tem no planejamento a previsão de instalar câmeras em outras rodovias federais que passam pelo Espírito Santo, como a BR 262 e a BR 259. Em Vitória, a Guarda Municipal já utiliza as câmeras para multar motoristas em alguns trechos. Há estudos também para a utilização dos equipamentos pelas prefeituras em outros municípios.

Ver comentários