Notícia

Greve dos Caminhoneiros: turistas podem cancelar viagens sem multas

Os clientes que desistirem das viagens por conta do cenário preocupante podem cancelar as viagens sem pagar nada por isso.

É comum que muitas pessoas aproveitem os feriados prolongados, como o de Corpus Christi, na nesta quinta-feira (31), para fazer viagens. No entanto, o que ninguém podia prever era a greve dos caminhoneiros, que ocasionou escassez de produtos como alimentos e combustíveis. Nesse caso, o Procon Estadual orienta que os consumidores podem solicitar o cancelamento das viagens junto às empresas sem o pagamento de multas.

Segundo a diretora-presidente do Procon do Espírito Santo, Denize Izaíta, os clientes que desistirem das viagens por conta do cenário preocupante podem cancelar as viagens com agências de turismos, companhias aéreas, viações de ônibus, hotéis e outras empresas sem pagar nada por isso.

Izaíta explica que a greve dos caminhoneiros levou a um cenário excepcional e, nesse caso, os cancelamentos podem ser feitos sem cobranças aos consumidores.

“Todos os consumidores que se virem nessa situação devem, inicialmente, efetuar um contato com a empresa. Se houver negativa por parte em fazer o cancelamento sem ônus para o consumidor, nossa orientação é buscar os Procons para que a gente possa ajuizar um processo administrativo ou fazer um acordo preliminar com essas empresas.”

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Espírito Santo (ABIH), Gustavo Aride Guimarães, informou que há estabelecimentos com altas taxas de cancelamento. Em um hotel de Vitória, mais de 40% das reservas para o próximo feriado foram canceladas. A Região Serrana do Estado, que atrai muitos turistas nesta época do ano, no entanto, não registrou muitos cancelamento, de acordo com o presidente da ABIH.

Mesmo assim, a orientação, segundo ele, é que os estabelecimentos esclareçam os clientes sobre a situação nos locais onde estão e que, se mesmo assim os hóspedes quiserem cancelar as viagens, não sejam cobradas taxas.

Viagem de avião

As companhias aéreas que operam no aeroporto de Vitória informaram que ainda não há previsão de cancelamento de voos no feriado por causa da greve dos caminhoneiros.

A recomendação geral é para que os clientes verifiquem, com a própria companhia, se o voo está mantido ou não, antes de irem até o aeroporto.

Azul

Em caso de cancelamento, companhia Azul está oferecendo remarcação gratuita para voos até o dia 4 de junho. O cliente também tem a opção de cancelar a passagem sem cobrança de taxas.

Central de atendimento: 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 887 1118 (outras localidades)

Avianca

A Avianca Brasil solicita que seus clientes que foram impactados pela greve entrem em contato com a companhia para a remarcação de passagens em novos voos, com embarque até o dia 5 de junho, sem cobrança de taxa, nem pagamento de diferenças tarifárias.

Central de atendimento: 4004-4040

Gol

Os passageiros impactados por cancelamentos podem procurar a companhia para remarcar suas viagens, sem a cobrança de taxas e de acordo com a disponibilidade, ou solicitar reembolso ou crédito integral de suas passagens

Central de atendimento: 0300 115 2121 e 0800 704 0465

Latam

A Latam Airlines Brasil informou que a maior parte da operação está dentro da normalidade, mas cancelamentos podem acontecer devido ao desabastecimento de combustível nos aeroportos.

Os passageiros impactados podem remarcar os bilhetes sem custo.

Central de atendimento: 0300 570 5700

Viagem de ônibus

Viação Águia Branca

Não há viagens canceladas nos dias 30 e 31 de maio e 3 e 4 de junho. Segundo a empresa, os horários extras para o feriado está mantido.

Central de atendimento: 0800 725 1211

Viação Itapemirim e Kaissara

Nos sites das empresas, há comunicado informando que, devido à greve dos caminhoneiros, houve adequação nas operações.

Os clientes devem entrar em contato com a central de atendimento antes de irem para as rodoviárias.

Central de atendimento: 0800 723 2121

Viação São Geraldo

A São Geraldo informa, no site da empresa, que algumas partidas estão sendo canceladas. Os clientes estão sendo realocados em outras viagens com horários próximos.

O comunicado diz que os passageiros que optarem por não viajar podem remarcar as viagens, sem a cobrança de taxas, e de acordo com a disponibilidade da empresa.

Central de atendimento: 0800 728 0044

Ver comentários