Notícia

PRF vai comprar drones para monitorar rodovias no Espírito Santo

Previsão é para que o uso de drones durante as abordagens comece até o final de 2018

Polícia Rodoviária Federal (PRF)
Polícia Rodoviária Federal (PRF)
Foto: Facebook PRF

A Polícia Rodoviária Federal vai usar drones para monitorar e identificar motoristas de carros e caminhões que tentam fugir de fiscalizações no Espírito Santo. Carretas que mudam de rotas para não passar em balanças ou veículos que fogem de blitze são alguns dos principais alvos da fiscalização área.

O superintendente da PRF no Estado, Wyllis Lyra, afirmou que o órgão pretende comprar 10 drones e que solicitação de compra já foi enviada para análise da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Segundo Wyllis Lyra, se o processo de licitação for concluído no tempo estimado, os drones estarão à disposição da corporação até o final deste ano.

> Novos bafômetros: saídas de festas e shows estão na mira da PRF

Lyra também destacou que os drones não vão substituir o uso de viaturas e serão utilizados para dar suporte nas abordagens terrestres. Um motorista que for flagrado mudando de rota poderá ser interceptado por agentes com mais precisão.

"Nós temos registros de veículos que evadem de postos de pesagem de balança, nós temos registro de veículos que evadem de pontos de pedágios. Para essa evasão há também uma ação criminosa. A placa é encoberta, adotam placas clonadas. Esse equipamento vai nos ajudar na fiscalização do trânsito e também no combate à criminalidade", avaliou o superintendente da PRF-ES.

O superintendente da Polícia Rodoviária Federal também acredita que o uso de drones pode ajudar na integração dos trabalhos com outras forças de segurança.

"Aí é um outro exemplo para flagrar quem está fugindo da nossa fiscalização, e que nós possamos ter uma ação integrada da Polícia Rodoviária Federal com a Polícia Militar. Se fugiu da nossa fiscalização e foi para a área da Polícia Militar, a Polícia Militar faz a abordagem. E também o inverso. Se fugiu da Polícia Militar e veio para uma rodovia federal, nós podemos fazer a abordagem", concluiu o superintendente.

Os drones serão comprados com recursos da ECO101, empresa responsável para concessão da BR-101 no Espírito Santo. Pelo contrato de concessão, a empresa é obrigada a aplicar recursos para a compra de novos equipamentos para a Polícia Rodoviária Federal.

Ver comentários