Notícia

Avenidas e rodovias tomadas por buracos após chuvas na Grande Vitória

Reportagem flagrou situação mais complicada em Cariacica, trechos da BR 262 e da Rodovia José Sette

Foto: Vitor Jubini | GZ

Depois das chuvas fortes que atingiram o Espírito Santo na sexta-feira (26) e no sábado (27), surgem novamente diversos buracos em ruas e avenidas da Grande Vitória, trazendo complicação e prejuízo para os capixabas. Em Cariacica, as principais reclamações de motoristas e motociclistas são das más condições da BR 262 e da Rodovia José Sette.

Quem passa pela José Sette, entre Itacibá e Cariacica Sede, precisa ter muita atenção em alguns trechos. Há locais em que a dimensão dos buracos toma praticamente metade da pista, como no bairro Porto de Cariacica. Por conta dessa situação, em alguns trechos os motoristas precisam reduzir muito a velocidade para evitar maiores danos e até acidentes.

> R$ 53 milhões são engolidos por crateras no asfalto na Grande Vitória

Na própria região de Porto de Cariacica, próximo a uma borracharia, há um buraco no centro da pista que deixa pouco espaço para os veículos passarem. Como se não bastasse esse problema, quem mora, trabalha ou passa pela região também reclama do esgoto que escorre a céu aberto pela rodovia.

Segundo o borracheiro Edmilson de Paula, na última semana, um motociclista caiu no buraco que fica no meio da pista. Com os acidentes, a quantidade de serviço tem aumentado.

É muito buraco. Um motoqueiro caiu e se machucou. Um outro rapaz que entrega gás também tomou um tombo e está no hospital com o braço quebrado. Só eu, no sábado, consertei dez pneus de carros novos, zero quilômetro

Edmilson de Paula também reclama que o esgoto correndo a céu aberto está dificultando a vida de quem trabalha e mora na região. Ele diz que o problema afasta clientes da borracharia dele. Por nota, a Cesan informou que enviará uma equipe ao local ainda nesta segunda-feira (29) e, caso a situação seja de responsabilidade da empresa, tomará as providências para sua resolução.

BR-262

Na BR 262 a situação também é ruim em alguns trechos. Na região de Jardim América, a reportagem da Rádio CBN Vitória flagrou diversos buracos em vários trechos da via. Já próximo ao trevo das Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa), no bairro São Francisco, alguns ouvintes da CBN Vitória, como o taxista Gilmar José da Silva, reclamaram de uma cratera.

O buraco fica em frente ao Shopping Moxuara, no sentido Campo Grande, e tem uma profundidade bem considerável. Se um carro cair lá, com certeza vai danificar. Além disso, é um perigo muito grande para os motoqueiros

O balconista de loja Almir Ângelo Bonelli é um dos de motociclistas que sofreram acidente por causa de um buraco. Foi em Itacibá, quando passava pela Rodovia José Sette. Almir não teve ferimentos graves, mas ralou a perna e machucou um dedo da mão. Também sofreu prejuízo financeiro, já que a moto ficou com um pneu furado e com a lataria amassada. “Isso está precário. Já aconteceu comigo de cair. Foi na última sexta-feira, indo para casa. A situação está muito ruim.”

Ouvintes da CBN Vitória também relataram buracos após as fortes chuvas próximo à Praça do Cauê e na Rodovia Norte Sul, em Vitória, e no Centro e Cristóvão Colombo, em Vila Velha.

Foto: Vitor Jubini | GZ

Em relação à situação na BR 262, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou, por meio de nota, que programou o serviço de recuperação a partir da noite desta segunda-feira (29), durante a noite, no trecho urbano de Cariacica, entre os Km 1,8 e 6,4. No entanto, o órgão destaca que só é possível realizar o trabalho caso não chova.

A reportagem também questionou o Departamento de Estradas de Rodagem do Espírito Santo (DER-ES) sobre quando haveria uma operação tapa-buracos na Rodovia José Sette e também na Rodovia Norte Sul, em Vitória, onde surgiram buracos após as chuvas do fim de semana.

Alagamento na Avenida Norte Sul; após chuva, muitos buracos
Alagamento na Avenida Norte Sul; após chuva, muitos buracos
Foto: Reprodução

O DER-ES respondeu que “realiza serviços de conservação programada ao longo de todo o Estado a cada semana. Após um período de fortes chuvas, como nos últimos dias, esse serviço é reforçado, priorizando-se os trechos mais atingidos. Para que o trabalho seja bem executado, é necessário que o tempo se mantenha firme. Portanto, assim que as condições forem favoráveis, os trabalhos serão executados.”

VITÓRIA

As condições do asfalto das ruas e avenidas de Vitória também são motivo de reclamação de quem passa por esses locais. Por conta disso, a prefeitura anunciou, em março deste ano, um investimento de R$ 78 milhões na recuperação da pavimentação dessas vias. O problema é que o projeto ainda não saiu do papel.

Segundo a Central de Serviços de Vitória, o recurso de R$ 5,9 milhões já foi liberado para executar a primeira etapa da recuperação da malha viária. O valor é proveniente do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), liberado após contrato assinado pela administração com a Caixa.

> Vitória: asfalto é alvo de críticas e solução ainda passa por estudos

Ainda de acordo com a Central de Serviços, a empresa contratada está finalizando os projetos e estudos para a recuperação do asfalto de mais de 50 quilômetros de vias em toda a cidade. O processo de licitação para contratar a empresa que vai executar essas obras deve ser iniciado em um mês.

Por fim, a Prefeitura de Vitória informa, ainda, que tem realizado manutenções diárias em todas as vias da cidade, fazendo pequenos reparos e tapa-buracos.

Ver comentários