Notícia

Capixaba com Enem marcado em Brasília consegue fazer prova no ES

O Inep indicava Brasília, no Distrito Federal, como local de prova dele, mas teve que alterar após determinação judicial

O estudante capixaba Rodolfo Nague de 17 anos, que mora em Vila Velha, mas estava com local do Enem indicado para Brasília conseguiu realizar a prova sem sair do Espírito Santo. Ele obteve na Justiça Federal uma liminar que lhe deu o direito de fazer a avaliação na cidade onde mora e fez a prova nesse domingo.

A decisão foi do juiz federal substituto Eduardo Nunes Marques, que deu um prazo para até 18h do último sábado para que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela aplicação do Enem, fizesse a alteração do local de prova.

Estudante Rodolfo Nague de Sousa temia não conseguir fazer a prova do Enem 2018
Estudante Rodolfo Nague de Sousa temia não conseguir fazer a prova do Enem 2018
Foto: Eduardo Dias

Por volta das 16h de sábado, menos de 24h antes do início do exame, ele foi comunicado pelo Inep de que podia fazer a prova em uma escola de Vila Velha.

O Inep alega que o estudante errou ao fazer a inscrição, mas na decisão, o juiz federal argumentou que, mesmo que o erro fosse do candidato, o órgão teria tempo para a troca já que o estudante fez uma reclamação formal no dia 22 de outubro, duas semanas antes da prova.

Rodolfo, que quer tentar uma vaga no curso de Educação Física, ficou bastante aliviado com a decisão. "É difícil até explicar. Nos últimos dias eu nem consegui estudar direito por causa disso, com medo de não fazer a prova. Foi um alívio muito grande quando o advogado me ligou contando", comentou o estudante.

O Enem, neste ano, é realizado em dois finais de semana. Rodolfo fará a prova do próximo domingo no mesmo local, em um colégio do bairro Itapuã. O Inep foi procurado para comentar a decisão, mas ainda não se pronunciou.

Ver comentários