Notícia

Casagrande diz que secretários não poderão criar cargos no governo

Os chefes das secretarias de esporte e assistência social são os únicos nomes que ainda não foram escolhidos

Renato Casagrande durante anúncio de membros do primeiro escalão
Renato Casagrande durante anúncio de membros do primeiro escalão
Foto: Vitor Vogas

O governador eleito do estado, Renato Casagrande (PSB), realizará, na próxima segunda-feira (24), uma reunião para dar orientações finais para os seus secretários, antes do início da sua gestão, que começa em janeiro. De acordo com Casagrande, há o planejamento de que, nessa reunião, o próximo secretário da Fazenda do Estado, Rogélio Amorim, apresente números da receita do estado, indicando despesas que poderão ser cortadas.

"Eu quero dar algumas diretrizes na última semana, sobre o que tem que ser feito em cada local, para chegar no dia 1º e as pessoas estarem com o roteiro de trabalho emergencial para ser desenvolvido", explicou o governador eleito.

Casagrande também afirmou que a proposta orçamentária do próximo governo deverá ser apresentada aos deputados estaduais no dia 7 de janeiro, na Assembleia Legislativa. Em relação à reorganização das secretarias e os possíveis cortes de custos, Casagrande não falou sobre possíveis demissões, mas enfatizou que os secretários não poderão fazer contratações além dos cargos já existentes. Atualmente, de acordo com o governador eleito, os gastos com pessoal representam 42% do orçamento estadual, e esse percentual não será aumentado.

"Ninguém poderá criar cargo, ninguém poderá criar nenhuma despesa. Se alguém quiser reestruturar a secretaria, pode propor a restruturação usando o mesmo espaço que tem hoje", disse Casagrande.

NOVOS SECRETÁRIOS ANUNCIADOS

Fabrício Machado (Meio Ambiente), Nésio Medeiros (Saúde) e Dorval de Assis Uliana (Turismo) foram anunciados por Casagrande
Fabrício Machado (Meio Ambiente), Nésio Medeiros (Saúde) e Dorval de Assis Uliana (Turismo) foram anunciados por Casagrande
Foto: Eduardo Dias

A realização da reunião com o primeiro escalão do governo foi anunciada poucos minutos depois do governador eleito divulgar quatro novos secretários. O médico Nésio Medeiros será o novo secretário de saúde do estado, Fabrício Machado assumirá a secretaria do meio ambiente, o engenheiro Heber Resende comandará a pasta de Desenvolvimento e a secretaria de Turismo será chefiada por Dorval de Assis Ulian.

Também foram anunciados o diretor-presidente da Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Espírito Santo (Ceturb), o diretor-presidente do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e o diretor da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh). Os chefes das secretarias de Esporte e Assistência Social são os únicos nomes que ainda não foram escolhidos.

PERFIS DOS ANUNCIADOS HOJE

Nésio Medeiros - secretário de Saúde

Nésio Fernandes de Medeiros Junior, 36 anos, é médico. Foi presidente da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (TO); médico da Estratégia da Saúde da Família; clínico geral no Hospital Regional de Paraíso e secretário Municipal da Saúde de Pamas (TO). Possui quatro pós-graduações, uma pela Universidade Federal do Maranhão e três pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Integrou o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) como membro de câmaras técnicas e grupos de trabalho.

Durante sua gestão em Palmas, intensificou o processo de incorporação de tecnologias da informação na atenção especializada, básica e na vigilância em saúde. Obteve reconhecimento da Organização Mundial de Saúde por sua atuação na gestão da atenção à saúde e hanseníase.

Em Palmas, levou a cobertura de 100% da atenção básica e descentralizou para os bairros serviços de sete especialidades médicas e multifuncionais por meio do NASF, implantou o consultório na rua, inaugurou centros de referência de alto padrão e investiu em serviços de urgência e emergência da capital, UPA's e Samu.

É promotor de processos de inovação de ambientes produtivos em saúde e militante do movimento "software livre". Atua principalmente nos seguintes temas: ciência, tecnologia e inovação em saúde, formação médica, educação permanente em saúde, gestão da saúde e hansenologia.

Fabrício Machado - secretário de Meio Ambiente

Fabrício Hérick Machado, 46 anos, é formado em Direito. Tem experiência em políticas públicas de agricultura, saúde, meio ambiente e qualificação profissional. Fez cursos de licenciamento e regularização ambiental rural; perícia ambiental; licenciamento ambiental de estações de tratamentos de esgoto; introdutório de licitação de controle administrativo. No município de Viana, já foi secretário de Meio Ambiente; Serviços Urbanos e Saúde; e vereador. É presidente estadual do Partido Verde (PV).

Heber Resende - secretário de Desenvolvimento

Heber Viana de Resende, 63 anos, é natural de Cachoeiro de Itapemirim e formado em Engenharia Civil e Engenharia de Petróleo. Mestre em Engenharia Industrial. Tem 37 anos de experiência na área de energia; projetos de investimento; viabilização econômica de empreendimentos; solução de gargalos na infraestrutura necessária para suporte aos negócios; desenvolvimento de negócios em parceria; planejamento e desenvolvimento corporativo e desenvolvimento da gestão. Trabalhou nas cidades de Rio de Janeiro, Macaé, Salvador, São Mateus e Houston (Texas, EUA). Na Petrobras, foi gerente de Portfólio Corporativo; gerente de Relacionamento e Gestão para Projeto de Construção de Sondas no Brasil; gerente do escritório de Projetos na área de Negócios Internacional; gerente de Produção no ES, entre outras.

Dorval de Assis Uliana - secretário de Turismo

Dorval de Assis Uliana, 56 anos, formado em Cooperativismo pela Universidade Federal de Viçosa. Possui MBA em Gestão de Projetos pela FGV, pós-graduação em Gestão de Pequenas e Médias Empresas pela FEA/USP. Em Colatina, foi presidente da Companhia de Saneamento e Meio Ambiente e também secretário e Desenvolvimento Econômico e Turismo, integrando o Conselho Estadual do Turismo. Foi gestor do Instituto Sincades por nove anos.

Fábio Ahnert - diretor da Agência Estadual de Recursos Hídricos

Fábio Ahnert, 47 anos, é mestre em Engenharia Ambiental pela Ufes. Possui MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas. Doutorando em Engenharia Ambienta na área de recursos hídricos pela Ufes. Atuou como membro dos conselhos nacional e estadual de recursos hídricos. É técnico de carreira do Iema. Foi diretor-presidente da Agência Estadual de Recursos Hídricos na primeira gestão de Casagrande. Atualmente desenvolve atividades técnicas no Iema.

Raphael Trés - diretor-presidente da Ceturb

Raphael Trés da Hora, 36 anos, é formando em Direito pela FDV. Possui MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV. Servidor estadual de carreira, no cargo de especialista em políticas públicas e gestão governamental, desde novembro de 2008. Atuou na Procuradoria-Geral do Estado nas funções de chefe de gabinete e gerente-geral. Atuou também na Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes), na gerência de parcerias e público-privadas, no desenvolvimento de modelagens de projetos nas áreas de saúde, educação, saneamento, mobilidade urbana, entre outros.

Ver comentários