Notícia

Contra roubos: lojas da Praia do Canto terão sensor que dispara flash

O sensor também poderá ser implantado em prédios residenciais do bairro, o que formaria um cinturão de segurança com o equipamento

Lojas da Praia do Canto, Vitória
Lojas da Praia do Canto, Vitória
Foto: Patrícia Scalzer

Para evitar furtos e roubos nas lojas da Praia do Canto, durante à noite, os comerciantes do bairro de Vitória vão instalar sensores na frente dos estabelecimentos. O equipamento vai disparar um sistema de iluminação com flash assim que houver uma aproximação com as vitrines. A ideia surgiu após uma reunião entre a Associação de Moradores e Comerciantes e o novo delegado da região, Leandro Piquet. Até o final do mês todos os sensores já estarão funcionando em, pelo menos, 200 estabelecimentos.

O presidente da associação, César Saad, explicou que a tecnologia é parecida com os sensores de presença, porém, essa luz é muito mais forte, como se fosse um refletor emitindo um flash. A associação ainda está fazendo orçamentos sobre valores, mas Saad explicou que a tecnologia escolhida será alimentada com energia solar.

“Estamos estudando um modelo de iluminação que é alimentado por energia solar, tem um custo mais baixo, é de fácil instalação e ecologicamente correto. Estamos levantando preço, fornecedor e prazo de entrega e assim que a gente tiver as informações vamos compartilhar com os comerciantes e moradores para que seja implantado ainda esse mês”, contou.

CINTURÃO

Ainda de acordo com Saad, o sensor também poderá ser implantado em prédios residenciais. Até o momento, 200 dos 300 estabelecimentos comerciais da Praia do Canto já se propuseram a instalar o sensor. “A ideia é que nem todas as lojas coloquem o sensor porque um equipamento pode funcionar por dois, mas quanto mais o comerciante aderir, conseguiremos fazer um cinturão nas áreas comerciais e até nas residenciais para que isso seja um impeditivo para os bandidos”, explicou.

A proprietária de uma loja de tecidos localizada na Rua Aleixo Neto, Flávia Lacourt, conta que o estabelecimento possui alarme, videomonitoramento e um vigia durante à noite, e, mesmo assim, vai instalar o sensor de iluminação. “Acho a ideia maravilhosa porque à noite tem acontecido arrombamentos e roubos e isso, com certeza, vai inibir a ação dessas pessoas”, afirmou.

Quem trouxe a proposta de instalar sensores nas fachadas das lojas foi o titular da Delegacia da Praia do Canto, delegado Leandro Piquet, que assumiu a unidade no início deste mês. Ele destacou que a iluminação inibe a ação criminosa. “Locais públicos, quando são bem iluminados, se tornam mais seguros, o que a associação vai fazer é trazer isso para a área privada. Lojas mais iluminadas são mais seguras”, destacou.

A maioria das lojas da Praia do Canto conta com circuito de videomonitoramento e alarme. Os lojistas também possuem um grupo em aplicativo de conversa onde compartilham imagens de suspeitos e situações de risco.

Ver comentários