Notícia

Gasto para recolher entulho chega a R$ 20 milhões na Grande Vitória

Somente em Vila Velha, Cariacica e Serra, são registrados 700 pontos viciados - locais em que o descarte acontece mesmo com ações de limpeza por parte das prefeituras.

Serviço de limpeza da prefeitura de Vila Velha recolhe entulho e lixo descartados de forma irregular no bairro Divino Espírito Santo.
Serviço de limpeza da prefeitura de Vila Velha recolhe entulho e lixo descartados de forma irregular no bairro Divino Espírito Santo.
Foto: José Carlos Schaeffer

As prefeituras da Grande Vitória gastam, juntas, quase R$ 20 milhões com serviços de recolhimento de lixo e entulho descartado de forma irregular. Calçadas, ruas e avenidas, além de terrenos abertos, não escapam da sujeira. Somente em Vila Velha, Cariacica e Serra, são 700 pontos viciados - locais em que o descarte acontece mesmo com ações de limpeza por parte das prefeituras. Em caso de identificação, as multas podem chegar até R$ 30 mil conforme as normas da cidade.

Vila Velha informou que gasta, por ano, R$ 6 milhões para o recolhimento de 60 mil toneladas de entulho e lixo domiciliar no município. Para minimizar o problema a prefeitura instalou 551 contentores com capacidade de armazenamento de uma tonelada em locais de grande circulação de pessoas, como ruas e avenidas comerciais. A secretária de Serviços Urbanos do município, Marizete de Oliveira, afirma que a população pode colaborar para mudar isso.

“O grande problema é que as pessoas ainda insistem em jogar nas ruas, nos valões, depositar de forma incorreta, causando danos à saúde, ao meio ambiente e à beleza da cidade”, disse.

O empresário Deiverson Loureiro, 27, afirma que o descarte irregular é feito perto da loja dele, na Rua Moema, em Vila Velha, com frequência.

“Sempre tem pessoas que trazem o entulho e jogam. Inclusive um rapaz que é dono de uma área próxima escreveu no muro dele que é proibido”.

Dono de uma barbearia, Deiverson reclama de descarte irregular próximo ao seu estabelecimento
Dono de uma barbearia, Deiverson reclama de descarte irregular próximo ao seu estabelecimento
Foto: José Carlos Schaeffer

A prefeitura da Serra informou que tem um gasto de R$ 7 milhões por ano para a limpeza de 200 pontos viciados de lixo e entulho. Segundo o secretário de Serviço do município, Igor Almeida, o 190 também pode ser acionado pelos moradores para impedir o descarte irregular.

“Como se trata de um crime ambiental, o 190 da polícia também é algo que a população pode contar”, explicou.

Na Serra, quem for flagrado cometendo a irregularidade, pode pagar multa de R$ 50 a R$ 30 mil, dependendo da quantidade, tipo de produto descartado e o local onde está sendo descartado.

Em Cariacica, são 300 pontos viciados por toda a cidade e os gastos a limpeza desses locais específicos chegam R$ 2 milhões por ano. A fiscalização é feita por agentes da prefeitura conforme um cronograma que não é divulgado, por se tratar de informação estratégica. Os fiscais também agem com informações passadas pela população. Quem for flagrado descartando resíduos de forma irregular no município pode ser multado em valores que variam de R$ 50 a R$ 25 mil.

Na Capital, a prefeitura não informou quantos pontos viciados de lixo e entulho são monitorados. Por mês, são recolhidos 3,2 mil toneladas de entulho descartado irregularmente na cidade e para realizar este serviço, são gastos R$ 4,2 milhões por ano. A multa para quem comete a infração varia de R$ 684.30 a R$ 1.026.25. 

DENUNCIE O DESCARTE IRREGULAR DE LIXO

Em Vila Velha: na cidade canela-verde, os moradores podem denunciar os infratores pelo telefone 162 e pelo site da prefeitura de Vila Velha, no endereço www.vilavelha.es.gov.br. Quem descarta lixo e entulho de forma irregular no município, pode receber multa que varia de R$ 3 mil a R$ 9 mil.

Na Serra: além de acionar a polícia pelo 190, a fiscalização das irregularidades é feita pela Central de Videomonitoramento, por agentes da Guarda Municipal, fiscais de postura e pela participação dos moradores, através de um canal direto no Whatsapp, pelo número 99976-2595. Na cidade, a pessoa flagrada pode pagar multa de R$ 50 a R$ 30 mil.

Em Cariacica: os moradores podem denunciar o descarte irregular de lixo à Coordenação de Posturas pelo telefone 3354-5113 ou na Ouvidoria Municipal, pelo 162. Quem for flagrado descartando resíduos de forma irregular no município pode ser multado em valores que variam de R$ 50 a R$ 25 mil.

Em Vitória: moradores podem denunciar por meio do Fala Vitória 156.

Ver comentários