Notícia

"Só tenho que agradecer", diz porteiro homenageado por salvar criança

O porteiro Alex Sandro viu quando um menino de 5 anos caiu na piscina de adultos do condomínio onde trabalha, na Serra, e o resgatou antes de se afogar

 porteiro Alex Sandro dos Santos, 42 anos
porteiro Alex Sandro dos Santos, 42 anos
Foto: Fernando Madeira

O porteiro Alex Sandro dos Santos, 42 anos, foi homenageado pelo Corpo de Bombeiros por ter

salvo uma criança de cinco anos de um afogamento

na piscina de um condomínio na

Serra

. Na tarde desta terça-feira (22), ele recebeu das mãos do comandante-geral da corporação, coronel Cerqueira, o Certificado de Ato Heroico. 

Durante a homenagem, o porteiro ficou bastante emocionado.“É uma sensação muito agradável receber um certificado de uma corporação como o Corpo de Bombeiros. Eu só tenho que agradecer por este momento”, contou.

O resgate feito por Alex Sandro aconteceu na noite do último sábado (19). A criança estava brincando no playground do condomínio, quando a tia dela saiu para buscar água. As imagens do circuito de segurança

Alex Sandro recebeu o certificado do coronel Cerqueira
Alex Sandro recebeu o certificado do coronel Cerqueira
Foto: Fernando Madeira

mostram que o menino então pulou a grade, entrou na piscina de crianças, saiu de lá e entrou na piscina de adulto e começou a se afogar.

Mesmo tendo outras pessoas na piscina, foi Alex Sandro quem visualizou, de longe, a criança já submersa. Ele correu e puxou o menino para fora da água. As câmeras do condomínio registraram o salvamento e o vídeo viralizou em todo país, como o próprio porteiro explicou após tantos contatos. “Não pensei que tivesse essa repercussão nacional, mas isso foi importante porque alerta sobre a segurança na área de piscina, pais e familiares precisam redobrar a atenção”, disse.

No canto direito da imagem: porteiro salva criança de afogamento em piscina: "Milagre eu estar lá"
No canto direito da imagem: porteiro salva criança de afogamento em piscina: "Milagre eu estar lá"
Foto: Reprodução

ATENÇÃO

De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Alex Sandro foi um herói, pois, como porteiro, estava atento e salvou a vida do menino. “Essa é uma tarefa ligada a missão do Corpo de Bombeiros, que é salvar vidas. Ele, naquele momento, atuou como um bombeiro e salvou uma vida”, destacou.

Coronel Cerqueira destaca que os pais precisam ficar atentos para evitar afogamentos de crianças. Seja na piscina, praia ou cachoeira, os pequenos não podem ficar sozinhos, nem por um minuto. Ele ressalta que até dentro de casa as crianças pequenas podem se afogar.

“Cozinha e banheiro não são lugares de criança. Com o vaso sanitário aberto a criança pode se debruçar e não conseguir voltar. Outro problema é o banho no balde de ofurô: mesmo com pouca água, a criança pode cair e não conseguir se levantar, aspirar a água e vir a óbito”.

Cuidados 

Crianças devem brincar na piscina infantil

A piscina deve dar altura para criança, ou seja, ela precisa colocar o pé no chão

O responsável deve monitorar a criança

Nunca deixe uma criança sozinha na piscina, mesmo que outras crianças estejam por lá

Coloque boia nas crianças

A boia pode ser de braço, cintura ou colete, mesmo assim, precisa haver o monitoramento de um adulto

Procure saber se o ralo da piscina tem tela de proteção

O ralo da piscina pode sugar os pés ou cabelo da criança. A tela de proteção evita esse tipo de acidente

Como resgatar alguém que está se afogando

Jogue uma bola, prancha ou pedaço de madeira para a pessoa agarrar. No caso de criança, ela pode ser resgatada pelo braço.

O que fazer após retirar a criança da água

Acione o Samu ou Corpo de Bombeiros. Procure saber se alguém que está no local sabe fazer as manobras de reanimação com massagem cardíaca e respiração boca a boca. 

 

 

Veja o momento em que o porteiro Alex Sandro salva a criança:

Ver comentários