Notícia

Venda de sorvete, picolé e água mineral cresce mais de 60% no verão

No setor de bebidas, o Sindicato da Indústria de Bebidas em Geral do Estado do Espírito Santo estima que este será o melhor verão dos últimos anos

Picolé, calor, verão, sorvete
Picolé, calor, verão, sorvete
Foto: Reprodução

As vendas de bebidas, sorvetes e picolés cresceram mais 60% no verão deste ano, de acordo com empresários do ramo. Esses são alguns dos setores aquecidos pela estação mais quente do ano, que lota as cidades litorâneas de turistas.

No setor de bebidas, o Sindicato da Indústria de Bebidas em Geral do Estado do Espírito Santo estima que este será o melhor verão dos últimos anos. O presidente do sindicato, Sérgio Rodrigues diz que a demanda maior é por água mineral. Nos últimos três anos, a crise hídrica afetou o setor, que não conseguia atender a procura.

"Nós tivemos três anos de crise. A gente tinha demanda, mas não tinha produto do Estado por causa da crise hídrica. Entrava muito produto de fora. A gente via muita água de Minas, São Paulo e Rio por aqui", explicou.

José Ivo Secomandi, proprietário de uma rede de sorveterias, também está feliz com as vendas neste ano. "Com eleição, não foi um ano muito bom, mas quando começou a esquentar agora avançou. Todo esse aumento de vendas é por causa do calor, que está acima da média dos anos anteriores", acrescentou.

Entre sorvetes e picolés, os produtos a base de frutas com água são os mais procurados. E o maior aumento mesmo foi na venda de produtos de açaí.

Ver comentários