Notícia

Linha Verde completa 1 ano em Vitória e ampliação não tem prazo

Prefeitura chegou a testar a ampliação da Linha Verde até o Hortomercado, na Enseada do Suá, mas o teste porém durou apenas alguns dias

Linha Verde foi instalada na Avenida Dante Michelini
Linha Verde foi instalada na Avenida Dante Michelini
Foto: Fernando Madeira

A Linha Verde na orla de Camburi, que é a faixa exclusiva para ônibus, táxis, vans e carros com três passageiros ou mais, completa um ano neste mês março, em Vitória. No entanto, o projeto, que no início era muito criticado por condutores de carros de passeio que ficam presos no congestionamento formado antes da faixa, continua sem multar motoristas e sem prazo para ampliação. O foco é a conscientização, segundo a prefeitura.

Nesse período de vigência, a faixa exclusiva foi suspensa pela Justiça, atendendo ao pedido de uma moradora de Jardim Camburi, mas a Prefeitura reverteu a decisão e chegou a testar a ampliação da Linha Verde até da Praia do Canto até o Hortomercado, na Enseada do Suá. O teste porém durou apenas alguns dias, mas a intenção da prefeitura é de expandir até avenida Beira-Mar. 

 

AVALIAÇÃO

Entre os passageiros de ônibus, o projeto é bem avaliado. O técnico de planejamento Evandro Nascimento é a favor da Linha Verde e de sua ampliação porque a faixa exclusiva reduziu o tempo de percurso para os ônibus. "O pessoal que usa o ônibus fica menos tempo no trânsito e acaba facilitando a vida deles também. No carro pequeno tem mais conforto, mas no ônibus não".

A professora de educação física Raquel Santos Silva, que é motorista, avalia que aqueles congestionamentos no início da Linha Verde, na Saturnino de Brito, diminuíram. "Gosto muito. Não está atrapalhando o trânsito. Ando no horário de pico e não vejo problema nenhum", comenta.

Já a representante comercial Creuza do Nascimento, que também é motorista, gostou da faixa exclusiva, mas não concorda com a ampliação. "Aí eu já não sei se é interessante. Porque para aquela região, sem linha verde, já congestiona próximo ao shopping", opina. 

Em nota, a Prefeitura de Vitória disse que os resultados em mais de um ano são positivos sobretudo para usuários do transporte coletivo, que tiveram o tempo de viagem reduzido graças à faixa exclusiva, mas afirmou que ainda não há previsão de testes em novos trechos. 

Nota oficial da Prefeitura de Vitória na íntegra:

Leia também

"A Secretaria de Transporte, Transito e Infraestrutura Urbana informa que a Linha Verde é um dos projetos que visam a favorecer a coletividade, a mobilidade urbana e a segurança de pedestres e motoristas na cidade sem a intenção de punir. Em funcionamento na avenida Dante Michelini desde o dia 12 de março de 2018, possui faixa exclusiva para ônibus, vans, táxis e veículos com três ou mais pessoas. Ainda não há previsão de testes em novos trechos. Ela funciona de segunda a sexta-feira, das 6 às 20 horas, e aos sábados das 6 às 14 horas. Os resultados em mais de um ano são positivos, sobretudo para usuários do transporte coletivo, que tiveram o tempo de viagem reduzido graças à faixa exclusiva. Serve a ambulâncias, ônibus de turismo, táxi e carona solidária. O monitoramento e fiscalização são feitos por meio de 16 câmeras e também por agentes da Guarda Municipal, que agem de forma educativa ao longo da faixa."

Ver comentários