Notícia

Advogado é detido após confusão dentro de boate em Vila Velha

A confusão envolveu um advogado e um arquiteto dentro de uma casa noturna na Praia da Costa

Ocorrência foi registrada na Delegacia Regional de Vila Velha
Ocorrência foi registrada na Delegacia Regional de Vila Velha
Foto: Fernando Madeira

Uma confusão envolvendo um advogado e um arquiteto foi parar na delegacia na madrugada desta segunda-feira (21). Os dois estavam em uma boate da Praia da Costa, em Vila Velha, e teriam discutido por causa de uma mulher que também frequentava o local. O arquiteto de 33 anos disse à Polícia Civil que estava no estabelecimento acompanhado de uma amiga.

Por volta de 1h, segundo ele, o advogado de 33 anos tentou seduzir a jovem passando a mão nela. Considerando a abordagem ofensiva, o arquiteto disse ao advogado que a mulher estava acompanhada e que os dois já iriam embora. De acordo com o arquiteto, o advogado teria perguntado “você sabem quem eu sou?”, empurrado ele, sacado a pistola calibre 380 e apontado para o peito dele.

Ao notarem a confusão, os seguranças interferiram e acionaram a Polícia Militar. De acordo com a polícia, o registro e o porte de arma do advogado estão regulares. À Polícia Civil, o advogado caracterizou a versão contada pelo arquiteto como “caluniosa”. Ele disse que o arquiteto era quem estava assediando a mulher e que tentou defender a jovem das investidas dele. Ao intervir, foi abordado pelo arquiteto e mais três homens que aparentavam ser amigos do arquiteto.

Por se sentir coagido, ele sacou a pistola calibre 380 da cintura para se proteger. Em seguida, ele se afastou dos outros envolvidos. O arquiteto e o advogado foram levados para a 2ª Delegacia Regional de Vila Velha. A arma foi apreendida e imagens das câmeras de segurança foram entregues à polícia. A mulher que seria o motivo da discussão não prestou depoimento. Na delegacia, o advogado assinou um termo de compromisso com a determinação de comparecer na sala de audiência do Juizado Especial Criminal de Vila Velha sempre que for intimado. Todos foram liberados na madrugada desta segunda-feira. Com não houve prisão, os nomes dos envolvidos na confusão não serão divulgados.

Ver comentários