Notícia

Conheça os bebês das 3 irmãs que engravidaram ao mesmo tempo no ES

Lorena, Jaianny e Iasmyn engravidaram na mesma época e agora se ajudam para cuidar dos três filhos em Fundão

Lavínia, Valentin e Maria Luiza, respectivamente, são a alegria da família Del Caro, em Fundão
Lavínia, Valentin e Maria Luiza, respectivamente, são a alegria da família Del Caro, em Fundão
Foto: Fabi Zinger Fotografias/Divulgação

"Um é pouco, dois é bom e três é demais". Certo? Esse ditado popular pode até se aplicar em muitas situações do cotidiano das pessoas, mas passa longe de se fazer valer na vida das três irmãs Lorena, Jaianny e Iasmyn De Carli, moradoras de Fundão, na Região Metropolitana da Grande Vitória, e que desde o fim do ano passado viraram estrelas na cidade, ao engravidarem quase que simultaneamente e sem combinar.

Quase um ano após a gravidez tripla,

as três agora dividem os holofotes com o motivo, ou melhor, os três pequenos motivos

, que as colocaram em evidência: eles atendem por Lavínia, de três meses, Maria Luiza, de cinco meses, e Valentin, também de cinco meses, filhos de Lorena, Jaianny e Iasmyn, respectivamente.

"Agora a gente não consegue dar mais um passo na rua, ainda mais quando saímos nós três. As pessoas logo vêm nos abordar, querendo ver as crianças. O mais engraçado é que não programamos engravidar, foi obra do acaso mesmo.", contou Lorena, que é servidora pública.

Lorena, à esquerda, é mãe de Lavínia (sem cordão). Já Jaianny, ao centro, é mãe de Maria Luiza. Iasmyn, por sua vez, é mãe de Valentin
Lorena, à esquerda, é mãe de Lavínia (sem cordão). Já Jaianny, ao centro, é mãe de Maria Luiza. Iasmyn, por sua vez, é mãe de Valentin
Foto: Fabi Zinger Fotografias/Divulgação

DOSE TRIPLA DE FRALDAS

Mais unidas do que nunca, Lorena explicou que apesar do trabalho em cuidar de três crianças ao mesmo tempo, o fato dela e as irmãs estarem sempre juntas facilita na hora dos cuidados, que são multiplicados por três.

Lorena, à esquerda, é mãe de Lavínia (sem cordão). Já Jaianny, ao centro, é mãe de Maria Luiza. Iasmyn, por sua vez, é mãe de Valentin. Crédito: Fabi Zinger Fotografias/Divulgação

"É uma loucura quando estamos aqui na casa da mamãe. Eu e a Iasmyn moramos na casa debaixo da de mamãe e a Jaianny também costuma vir para cá para passar o dia. Quando a minha filha dorme, outro acorda e vamos nos ajudando a cuidar. A casa da mamãe virou quase uma creche. São a alegria da família", disse.

Essa felicidade também é compartilhada pelos vizinhos, que não cansam de paparicar os pequenos. "Aonde nós vamos é uma alegria contagiante. Não tem como mais sair sem alguém nos dar um oi, ou queira da cheirinho nos bebês. Estão todos maravilhados com eles", disse.

REALIZAÇÃO

Se para uma família um filho já é a realização de um sonho, três só engrandece essa sensação. No caso das irmãs, a felicidade em ser mãe divide o foco com o fato de também serem tias.

"É uma coisa divina mesmo. É o que costumo dizer: Deus só dá o fardo para quem consegue carregar. Se Ele escolheu nossa família para dar essas três bênçãos, é porque sabia que poderíamos criá-las e educá-las. É uma emoção sem tamanho", contou Lorena.

Ver comentários