Notícia

Polícia investiga morte de bebê em Guarapari

O corpo do bebê foi encaminhado ao Departamento Médico Legal de Vitória

Delegacia Regional de Guarapari
Delegacia Regional de Guarapari
Foto: Esthefany Mesquita | A Gazeta

A Polícia Civil investiga a morte de um bebê em Guarapari, região Metropolitana de Vitória. Ana Clara Nascimento de Jesus, de um ano e 4 meses, foi levada pela mãe e a avó à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na Praia do Morro, na tarde de sábado (12). À equipe médica, as mulheres relataram que o bebê havia se afogado em um balde de água.

Manchas de sangue e hematomas nos corpos da mãe e da avó da criança levantaram suspeitas da equipe médica. Questionadas, as mulheres não falaram sobre o que teria provocado as marcas. A Polícia Militar foi acionada, mas, quando militares chegaram à UPA, somente uma tia da criança estava no local.

A PM informou que a criança teve uma parada cardíaca. A equipe médica tentou reanimá-la, mas a menina não resistiu. Constatada a morte, a tia do bebê levou uma equipe policial até a residência. O imóvel foi isolado e a perícia acionada.

O corpo do bebê foi encaminhado ao Departamento Médico Legal de Vitória.

> Tia teve pressentimento da morte de bebê que se afogou em piscina

 

 

A reportagem de A Gazeta esteve na residência de familiares da criança neste domingo (13). A mãe está muito abalada e não quis dar entrevista. A avó da menina está em Vitória, aguardando a liberação do corpo.

Segundo o primo de Ana Clara, Jorge Luiz Souza, de 17 anos, a mãe da bebê estendia a roupa no varal às 17h, enquanto a criança brincava no quintal.

"A mãe dela estava estendendo a roupa e a Ana brincando ali perto, foi questão de segundos que ela se distraiu e Ana foi para os fundos da casa e caiu de cabeça no balde de água. Quando ela viu, ela gritou desesperada e chamou a avó da Ana. As duas saíram de carro correndo para socorrer a neném", contou.

> Família comemorava Dia das Crianças quando bebê morreu afogada

"ELA FOI SE DESPEDIR DE MIM", DIZ TIA

Segundo a tia de Ana Clara, a dona de casa Ednete de Souza Nascimento, a criança teria se despedido dela no almoço.

"Ela me chamou a manhã toda e disse: Titia, quero comer na sua casa. Ela almoçou duas vezes e brincou. Muito carinhosa aquela foi nossa despedida, eu tenho certeza".

Ana Clara Nascimento de Jesus, bebê que morreu em Guarapari
Ana Clara Nascimento de Jesus, bebê que morreu em Guarapari
Foto: Arquivo da família

A tia da criança contou ainda que a família correu com Ana Clara para o hospital, mas a criança não resistiu.

O velório da criança deve ocorrer na Igreja Nossa Senhora das Graças, em Guarapari.

Emocionada Ednete relata que a família vai sentir muita falta da criança.

"Ela era doce, carinhosa. Com tão pouca idade já era nossa amiga. Ela era alegre e alegrava a gente. Ela vai fazer muita falta".

Ver comentários