Notícia

Inauguração da Leitão da Silva é adiada devido às chuvas

As obras, que se arrastam desde 2014, precisaram parar devido a chuva forte que atinge a capital nos últimos dias. Ainda não há nova previsão para a inauguração, já que é preciso sol e pistas totalmente secas para o retorno dos trabalhos

Trecho da avenida Leitão da Silva, em Vitória
Trecho da avenida Leitão da Silva, em Vitória
Foto: Carlos Alberto Silva

A nova Avenida Leitão da Silva, em Vitória, não será mais inaugurada no próximo dia 24 de novembro, como estava previsto pelo governador Renato Casagrande (PSB). As obras, que se arrastam desde 2014, precisaram parar devido às fortes chuvas dos últimos dias. Ainda não há nova previsão para a inauguração da via, já que é preciso sol e pistas totalmente secas para o retorno dos trabalhos.

Quase pronta, com novos canteiros centrais e ciclovia, a via já está quase toda liberada para o fluxo de veículos. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Espírito Santo (DER-ES), todo o trecho no sentido Avenida Beira-Mar terá três faixas para veículos.

Mas de acordo com o DER-ES, devido às fortes chuvas e a instabilidade na previsão de estiagem, não será possível inaugurar a Avenida Leitão da Silva no próximo dia 24, como estava programado.

"Para concluir a obra, a empresa contratada precisa de alguns dias de sol e a via totalmente seca. Posteriormente, o Governo anunciará nova data", informou o DER, por nota.

HISTÓRICO DE ATRASOS

As obras na Leitão da Silva começaram no ano de 2014, com previsão inicial para término em meados de 2015. Após mudanças no projeto inicial da obra, que passou a contar também com uma reestruturação no sistema de saneamento e drenagem da região, o orçamento inicial que era de R$ 50 milhões saltou para R$ 115 milhões.

O atraso nas obras gerou um prejuízo muito grande para o comércio na região. Nos últimos anos, 42 lojas foram fechadas e mais de 200 funcionários foram demitidos, isso foi provocado pela queda na movimentação de clientes após o início das obras.

Ver comentários