Notícia

Linha Verde: sem troca de placas, Prefeitura adia aplicação de multas

As placas que indicam quais veículos podem circular na via não foram trocadas a tempo, de acordo com a prefeitura

A Linha Verde, que funciona na orla de Camburi, começaria a multar nesta segunda-feira (25), mas fiscalização foi adiada.
A Linha Verde, que funciona na orla de Camburi, começaria a multar nesta segunda-feira (25), mas fiscalização foi adiada.
Foto: Gazeta Online

Diferentemente do anunciado pela prefeitura na última semana, os motoristas que estão trafegando de forma irregular na Linha Verde, faixa exclusiva para veículos coletivos na Avenida Dante Michelini, em Vitória, não estão sendo multados nesta segunda-feira (25). O que motivou a suspensão da fiscalização foi o fato de as placas que indicam quais veículos podem circular na Linha Verde não terem sido trocadas a tempo.

Atualmente, as placas existentes indicam o horário de funcionamento da Linha Verde, das 6h às 20h em dias úteis, e das 6h às 14h, aos sábados. Elas também indicam que apenas ônibus podem andar por aquela via nos horários indicados.

Já nas novas placas deve constar que o local é para ônibus, táxis e carona solidária, que são carros de passeio que tenham, no mínimo, três ocupantes.

Segundo o secretário de Segurança Urbana de Vitória, Fronzio Calheira, as multas começariam a ser aplicadas por guardas municipais de trânsito. No entanto, como não havia sinalização adequada com placas, foi necessário suspender a fiscalização. "A empresa que trocaria as placas na semana passada não conseguiu concluir os serviços por causa das fortes chuvas que tivemos no Estado. O serviço está sendo realizado nesta segunda-feira (25). O objetivo é que até amanhã (26) esteja tudo pronto", explicou o secretário.

Calheira, porém, não bateu o martelo sobre o horário de conclusão da troca de todas as placas. "Somente com a sinalização totalmente substituída será possível começar a fiscalização de fato. Isso deve ser resolvido até o final desta segunda-feira e no mais tardar até amanhã (terça-feira)", disse.

Quando estiver valendo a fiscalização, o motorista que for flagrado andando pela Linha Verde sem atender à regulamentação estabelecida pode ser notificado com base no Artigo 187, I, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A infração é de natureza média, que prevê perda de quatro pontos na carteira de habilitação e multa no valor de R$ 130,16.

Ver comentários