Notícia

Funcionários e clientes ficam na mira de bandidos em assalto a loja

Criminosos colocaram a arma na cabeça do proprietário do estabelecimento, que chegou a ligar para a polícia de dentro do banheiro durante a ação, mas bando conseguiu fugir

Uma loja de utilidades do lar, no bairro José de Anchieta, na Serra, foi alvo de bandidos na tarde desta sexta-feira (13). Com armas de fabricação caseira, quatro criminosos entraram no local, renderam funcionários e clientes - incluindo uma criança de aproximadamente 6 anos -, e roubaram celulares, produtos da loja e o dinheiro do caixa. Os bandidos fugiram de carro. Câmeras de segurança do estabelecimento gravaram a ação dos criminosos, que durou apenas 6 minutos.

O proprietário do estabelecimento, que por medo pediu para não ser identificado, contou que os bandidos chegaram ao local agindo como clientes e só depois anunciaram o assalto. O crime aconteceu por volta das 15 horas.

"Eles chegaram em um Santana vermelho, um ficou no carro e os outros quatro entraram na loja se passando por clientes. Um deles abordou uma funcionária logo na entrada e agiu como se procurasse alguma coisa. O outro foi ao setor ao lado e pediu parafusos, e os outros dois foram ao caixa. Foi quando chegaram ao caixa que eles anunciaram o assalto, mandaram todo mundo se ajoelhar, ameaçaram e pediram o dinheiro", conta o proprietário de 27 anos.

No momento do assalto, seis funcionários estavam na loja. Além de dois clientes, um deles acompanhado do filho, uma criança que parecia ter 6 anos, segundo o dono da loja. Os bandidos levaram R$ 2 mil que estava no caixa, celulares de funcionários e clientes, além de produtos da loja.

"Mandaram a mulher e a criança ir lá para o fundo da loja, roubaram o celular da cliente e disseram q não fariam nada com ela e com a criança. Roubaram os pertences pessoais de outro cliente, três celulares de uso da loja, e mais três celulares de funcionários. Pegaram uma mala de loja e encheram de produtos, brinquedos, chinelo e outras coisas. Ainda não fiz as contas, mas além do dinheiro do caixa, tive um prejuízo de pelo menos R$ 4 mil", revela o proprietário.

Na busca por mais dinheiro, os bandidos chegaram a subir no segundo andar, onde funciona a parte administrativa. O proprietário da loja conseguiu chamar a polícia, mas quando a PM chegou os bandidos já haviam fugido. "Quando percebi que se tratava de um assalto, entrei no banheiro e liguei para a polícia. Mas quando chegaram aqui, os bandidos já tinham fugido. Temos imagens das câmeras de segurança que serão entregues para a polícia", afirmou.

Os bandidos fugiram em um Santana vermelho. De acordo com a polícia, o veículo apresenta restrição de roubo. Os criminosos ainda não foram localizados.

Ver comentários