Notícia

Leitão da Silva: após inauguração, guardas multam 30 em uma semana

Entre as autuações, de 1º a 8 de dezembro, estão estacionamento em local proibido, avanço de sinal vermelho, dirigir segurando telefone de celular e parar na área de cruzamento de vias

Carros estacionados em local proibido, na Avenida Leitão da Silva
Carros estacionados em local proibido, na Avenida Leitão da Silva
Foto: José Carlos Schaeffer

Uma semana após a inauguração da nova Avenida Leitão da Silva, a Guarda Municipal de Vitória, responsável pela fiscalização de trânsito no local, aplicou 30 multas. A informação é da Secretaria Municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran). Entre as autuações, do dia 1º de dezembro até o último domingo (8), estão estacionamento em local proibido, avanço de sinal vermelho, dirigir segurando telefone de celular e parar na área de cruzamento de vias.

No entanto, motoristas continuam desrespeitando a sinalização e estacionando em locais proibidos. A reportagem de A Gazeta esteve na avenida na manhã desta terça-feira (10) e flagrou pelo menos 20 veículos estacionados na pista da direita ao longo da via, nos dois sentidos. Nesses locais, de acordo com a sinalização, é permitido estacionar somente aos sábados, domingos e feriados.

Durante uma hora, tempo que a reportagem passou no local, nenhuma viatura da Guarda Municipal foi vista. E a fiscalização no trecho é feita somente pelos agentes, já que, segundo a Setran, a Avenida Leitão da Silva não possui câmeras para auxiliar na aplicação de multas.

ESTACIONAMENTO

Na última sexta-feira (6), a Associação das Empresas da Leitão da Silva (Assemples) informou que está buscando, junto à prefeitura, a possibilidade de algumas lojas construírem estacionamentos em pontos de calçada mais ampla, o que, segundo eles, não é permitido pela legislação "por causa de alguns centímetros".

Nesta terça-feira, a reportagem questionou novamente a prefeitura, agora sobre o que será feito diante do desrespeito dos motoristas à sinalização do local. Por meio de nota, a Setran informou que "o trabalho de educação para o trânsito voltado para motoristas, ciclistas e pedestres acontecerá nos próximos dias". No texto, a prefeitura também reforçou que "a sugestão dos comerciantes de criar estacionamento no recuo das calçadas, nos pontos onde são mais largas, está sendo avaliada por técnicos da Setran, que estiveram numa visita na via com os responsáveis pelos estabelecimentos".

Ver comentários