Notícia

Polícia Federal ensina como identificar nota falsa de dinheiro

Em uma operação realizada na manhã de segunda-feira (2), em Vitória e Viana, a Polícia Federal do Espírito Santo apreendeu R$190 mil em notas falsas de Real. Por ano, a PF-ES apreende, em média, 1.000 notas falsificadas

Polícia Federal apreende, em média,  1.000 notas falsas por ano no ES
Polícia Federal apreende, em média, 1.000 notas falsas por ano no ES
Foto: Kaique Dias/TV Gazeta

Indicação de alto-relevo, marca d’água e textura do papel. Você sabe como identificar uma nota de Real falsificada? Em uma operação realizada na manhã de segunda-feira (2), em Vitória e Viana, a Polícia Federal apreendeu R$ 190 mil em notas falsas de Real. As cédulas pertenciam a um homem de 32 anos. Ele é investigado por fabricar e vender dinheiro falso no Espírito Santo e em outros 10 estados brasileiros. As investigações apontam que ele inseriu no mercado cerca de três milhões de notas falsificadas.

Anualmente, a polícia apreende em média 700 a 1.000 cédulas falsas no Estado. O perito criminal da Polícia Federal Heclair Rodrigues Pimentel Filho destacou que o Real possui a 1ª e a 2ª família de cédulas. Segundo ele, a diferença está no tamanho e nos mecanismos criados para impedir ou dificultar a falsificação como relevo, fundos especiais e microimpressões.

"Caso o cidadão perceba que vai receber uma nota falsa, não deve aceitar. Ele deve falar para a pessoa ir à delegacia de polícia. Se for dentro do banco, no caixa automático, procura o gerente. Se não percebeu na hora e recebeu uma nota falsa, procure uma delegacia. O que não se deve fazer é continuar repassando a nota", explica o perito.

Perito explica como identificar uma nota falsa. Crédito: Kaique Dias/TV Gazeta

01

Textura

Segundo o perito crimina, Heclair Rodrigues, o primeiro cuidado que a pessoa tem que ter, ao pegar a nota na mão, é sentir a textura do papel. Nas partes escuras da nota tem um leve relevo, não é visível a olho nu, mas é possível sentí-lo. Todos os sinais devem ser considerados em conjunto. O relevo em notas mais antigas, por exemplo, pode ficar mais suave com o passar do tempo

02

Registro coincidente

"No caso da Primeira Família do Real, você olha o brasão da República e olha contraluz. Um lado e o outro tem que estar perfeitamente coincidentes. Se você perceber que o círculo do brasão não está coincidindo do outro lado ou até o formato da estrela é diferente, é um indicativo de que a nota é falsa", explica o perito.

03

Marca d’água

Segundo o perito criminal, a marca d'água não é uma característica muito confiável porque também é comum encontrar nota falsa com a marca d’água simulada. Ela é feita sob pressão na massa do papel e então os criminosos fazem uma leve impressão suave no papel. Mas é um indicativo importante a ser analisado ao receber ou passar a nota.

04

Nomes impressos

Observe a nota na altura dos olhos, na direção horizontal, na área ao lado de onde está escrito reais. Do lado esquerdo, dependendo ângulo que você olha, terá escrito BC. No lado direito, em uma parte escura mais retangular, é possível ver escrito o valor da nota. No caso da nota de R$ 100 estará escrito CEM.

05

Caneta especial

A caneta especial é uma indicação, mas pode haver duas situações. Quando o criminoso usa papel autêntico, pega uma nota de valor menor para falsificar uma mais valiosa, a caneta pode atestar que a nota é autêntica. Em outro caso, por exemplo, quando a nota é esquecida dentro da máquina de lavar, a caneta pode indicar que a nota é falsa, pois a água lava a nota original.

Ver comentários