Notícia

Vitória Rock Festival reúne apaixonados por Rock

Uma mistura de sensações que só quem é apaixonado por moto e pelo rock pode experimentar.

Afinal, andar sobre duas rodas e apreciar aqueles hits marcantes de guitarra extrapolam as clássicas cenas de cinema. São estilos de vida reais e emblemáticos, que estão historicamente conectados. É pensando nessas duas paixões que a capital do Estado será palco, pela segunda vez, do Vitória Rock Festival, um evento que reúne no mesmo lugar, muita música, gastronomia e, claro, tudo que há de melhor de Harley-Davidson, uma marca ícone da cultura pop mundial e presente também em solo capixaba.

Este ano, o festival começa nos dias 20 e 21 de abril e chega repleto de novidades. Uma delas é que a competição de bandas será dividida em duas categorias, autorais e covers, dando mais oportunidades e visibilidade aos grupos concorrentes.

Segundo o organizador Marcelo Braga, um dos objetivos do festival é convidar o público a conhecer o universo Harley, aproximando-os por meio da música. “Muitas pessoas achavam que a marca era distante, mas o evento veio mostrar exatamente o contrário: que a Harley-Davidson é emblemática, mas acessível ao público em geral. E fazer isso com músicas fica ainda melhor. A marca é ligada ao rock há muito tempo”, destaca Braga.

Final do 1º Festival de Rock Vitoria Harley-Davidson
Final do 1º Festival de Rock Vitoria Harley-Davidson
Foto: Ciro Trigo

Neste ano, foram mais de 180 grupos inscritos. Desses, vão competir 12 na categoria autoral e 18 na cover.

Ao todo, serão quatro etapas, sendo as três primeiras classificatórias e eliminatórias. A última, prevista para os dias 30 de novembro e 1º de dezembro, será a grande final. Às sextas-feiras, vão se apresentar as bandas autorais; aos sábados, as bandas da categoria covers.

O vencedor de cada categoria, além do título de banda campeã, faturam cada uma, uma Harley-Davidson Iron 883 0 Km. O evento também aproxima e promove as bandas capixabas, projetando-as localmente mas também criando oportunidades nacionais. “O legal é que as bandas ficam conhecidas e acabam recebendo convites para se apresentarem em festivais e em outras cidades”, diz Braga.

Vencedores

Ganhadora da primeira edição de festival, no ano passado, a banda Muddy Brothers surgiu em 2013, depois que amigos que tinham gosto musical parecido terem a ideia de se juntar e dar vida ao grupo. Apesar da inspiração declarada no rock and roll dos anos 1970, como os Rolling Stones, o quarteto fincou os pés na criação de músicas autorais, criando uma identidade própria.

Muddy Brothers venceu o 1º Festival de Rock
Muddy Brothers venceu o 1º Festival de Rock
Foto: Ciro Trigo

O vocalista João Lucas afirma que essa característica foi um desafio a mais para banda durante a competição de 2017. “Nossos shows são praticamente autorais, fazemos poucos covers. Então, o público não conhecia nossas músicas. Essa foi uma dificuldade. Mas, por outro lado, tivemos a oportunidade de apresentar nosso som para um outro público. Eles gostaram, curtiram o som e nos deram o título”, destaca o músico.

Além de João Lucas nos vocais, a banda é formada por Leo Schuler, na guitarra; Pedro Moscardi, no baixo; e Renato Just, na bateria. Durante o festival do ano passado, eles também contaram com a participação do baixista Luiz Magnago.

Muddy Brothers venceu o 1º Festival de Rock
Muddy Brothers venceu o 1º Festival de Rock
Foto: Ciro Trigo

Quase um ano depois da vitória, eles elogiam a estrutura do Vitória Rock Festival e a proporção de alcance do seu som. “Nós fomos convidados e acabamos nos inscrevendo na edição passada. O bacana é que muitas das pessoas do evento não circulam, necessariamente, no cenário underground, apesar de gostarem do som. Então, para nós, foi uma oportunidade de mostrar a Muddy Brothers para outras pessoas. Tivemos uma boa vitrine e visibilidade para aparecer”, conta João Lucas.

E o público terá um peso decisivo na edição deste ano. Isso porque a plateia que for curtir o evento será um dos jurados da competição. Essa é uma outra novidade prevista pela organização do evento, que é promovido pela loja Vitória Harley-Davidson. Marcelo Braga antecipa que será lançado um aplicativo específico do Vitória Rock Festival no primeiro dia de evento, quando o público poderá dar sua nota para as bandas que subirem ao palco. “Vamos dar um tempo de votação em cada apresentação. O espectador vai avaliar de uma a cinco 'mãozinhas de rock' cada banda. O resultado será conhecido no final de cada etapa”, diz Braga. No local do evento, será disponibilizado wi-fi gratuito para o público poder baixar o app. E quem der notas para as apresentações também participará de sorteios de combos de chope.

Atrações

Gustavo Macacko
Gustavo Macacko
Foto: Divulgação

Além das bandas participantes, outras atrações estão programadas para se apresentarem no festival. Uma delas é a presença do músico capixaba Gustavo Macacko, logo no primeiro dia da primeira etapa de competições. Residindo atualmente no Rio de Janeiro, o músico vai apresentar um espetáculo em que reúne músicas de artistas locais de várias gerações, tudo em versão rock. O movimento cultural passeia por sons desde Carlos Imperial a Dead Fish, mas sem esquecer de outros representantes da cultura capixaba, com referências à Elisa Lucinda e Sergio Sampaio. “Serão shows pontuais num tributo carinhoso que preparei ao meu Estado enquanto gravo meu próximo álbum”, revela Macacko.

A apresentação também terá cunho social. É que parte da renda arrecadada no primeiro dia (20 de abril) será destinada à família do músico Alexandre Lima, que sofreu um aneurisma em 2013. O cantor segue em estado de coma, recebendo cuidados da família em casa. Outra atração prevista para o sábado, dia 21, será um show de uma banda cover do KISS. Os gaúchos da Parasite KISS Cover são conhecidos por serem uma das melhores bandas tributo do clássico grupo de rock mundial.

Outras atividades

Como se não bastasse esse universo rock and roll nos palcos, o espaço do festival, que será realizado no estacionamento do Shopping Vitória, vai oferecer ainda atividades para toda a família, aproximando várias gerações amantes do rock. As crianças poderão participar de recreações, incluindo um workshop de construção de drones. Enquanto isso, os adultos terão espaço gourmet e barbearia.

“E não é apenas isso. Vamos oferecer tatuagens gratuitas de desenhos pré-definidos dentro do catálogo da marca Harley-Davidson. Na edição de 2017, foi um sucesso. Foram mais de 100 tatuagens. Já para os apaixonados por motos, haverá uma pista de teste exclusiva no entorno da estrutura do festival. É para os apaixonados por moto sentirem toda a emoção de pilotar uma Harley”, finaliza o organizador Marcelo Braga.

Confira a programação

1ª etapa do 2º Vitória Rock Festival

Dia 20 de abril – Categoria Original Band - show com 4 bandas autorais

Horário: das 18 à 0h

Bandas: Big Bat Blues Band , Auri, Tribal e Major Cético

Convidado especial: Lançamento do novo show de Gustavo Macacko (Espírito Rock ES)

Local: estacionamento do Shopping Vitória

Valores dos ingressos: 1º lote: R$ 20 (meia)

Pontos de vendas: Loja Vitoria Harley-Davidson (Rua Humberto Martins de Paula, 30, loja 1, Enseada do Suá, Vitória) ou pelo site do www.blueticket.com.br

Dia 21 de abril – Categoria King of Cover show com 6 bandas covers

Horário: das 16 à 0h

Bandas: Hannover - Scorpions; Ozzymosis - Ozzy Osbourne; Highway - Bon Jovi; High Voltage - AC/DC; Morning Glory – Oasis; e Red Tube - Red Hot Chilli Peppers

Convidada especial: atração nacional: Parasite KISS Cover

Local: estacionamento do Shopping Vitória

Valores dos ingressos 1º lote: R$ 30 (meia)

Pontos de vendas: Loja Vitória Harley-Davidson (Rua Humberto Martins de Paula, 30, loja 1, Enseada do Suá, Vitória) ou pelo site do www.blueticket.com.br

Classificação: 16 anos. Menores devem estar acompanhados de pais ou responsáveis.

Clube Assinante de A Gazeta tem 25% de desconto no valor de ingresso combo, ficando a R$ 30,00 o ingresso para os dois dias.

Ver comentários