#PaulNoES: show histórico de Paul McCartney em Cariacica completa um ano

Relembre a noite que marcou muitos fãs de diferentes geração no estádio Kleber Andrade, em Cariacica

Publicado em 11/11/2015 às 15h43

Atualizado em 12/11/2015 às 12h06

“Olá, Vitória! Esta noite vou tentar falar um pouco de português. Mas mais em inglês”. Foi com essas palavras que Paul McCarteney abriu um dos maiores shows que já passaram pelo Estado. Não à toa, a noite do dia 10 de novembro de 2014 ficou marcada para milhares de capixabas que compareceram ao estádio Kleber Andrade, em Cariacica. Na última terça-feira (10) o evento completou um ano e relembramos em vídeo o importante dia. Assista:

O show

O ex-beatle manteve a fama da pontualidade britânica e com um vistoso paletó azul-bebê, às 21h03, entrou cantando e tocando guitarra no palco. A música de abertura escolhida foi “Eight Days a Week”, da época dos Beatles.

Na primeira hora de show, Paul tocou canções de diferentes fases de sua carreira. Desde a música nova “Save Us” à “All my Loving”, dos Beatles. Teve ainda “Listen to What the Man Said” para os fãs do Wings, outra banda também formada pelo cantor, após o lendário quarteto britânico.

O início foi marcado por homenagens. À atual esposa, ofereceu “My Valentine”, que foi acompanhado de um clipe em que os atores Johnny Depp e Natalie Portman interpretavam a letra em linguagem de sinais. Ele foi muito aplaudido ao final dessa música.

A emoção veio mesmo quando ele ofereceu a canção seguinte, “Maybe I’m Amazed”, à esposa Linda, que morreu de câncer no final da década de 1990. No momento em que cantou “Live and Let Die”, o público foi ao delírio com o show pirotécnico e com as labaredas que saíam do palco.

O público de cerca de 34 mil pessoas confirmou que Paul é mesmo um showman de múltiplos talentos. Ele se revezou na guitarra, no baixo e no piano, sempre cantando: talento para poucos. Ajudavam Paul seus fiéis companheiros de banda, o guitarrista Rusty Anderson, o guitarrista e baixista Brian Ray e o baterista Abe Laboriel Jr., sempre empolgado.

O show em Cariacica foi o primeiro da turnê “Out There!”, no Brasil. Entre as canções, Sir Paul soltava frases em português, para o encanto dos fãs, como é costume do cantor em todos os países que visita. “Obrigado. Finalmente é bom estar aqui”, disse. Pela simpatia, teve de volta do público a empolgação de quem recebia pela primeira vez em solo capixaba um beatle.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online