Karaokê: confira lugares na Grande Vitória para soltar a voz

Não adianta negar as aparências nem disfarçar as evidências: o karaokê é paixão nacional. O amor e o poder desse "rock" são tão fortes que frequentadores acabam virando até proprietários dos points. A regra é se divertir

Publicado em 27/07/2018 às 19h20

especial

Paisagem bucólica de fundo, letras saltando, microfone na mão... Respire fundo, feche os olhos e solte o refrão bem alto! Cantar é libertador! Nas noites da Grande Vitória, é possível encontrar muitos talentos dignos de "The Voice". E também tem aqueles que beberam a coragem e estão só se divertindo mesmo, mas como disse o poeta: no peito dos desafinados também bate um coração. Todos merecem aplausos.

Como parte das comemorações dos 90 anos da Rede Gazeta, vamos mostrar 90 opções de gastronomia, lazer e arte que o Espírito Santo tem e muita gente às vezes não se dá conta. E, hoje, a vez é dos bares com karaokês.

Como o nome sugere, a prática chegou ao Brasil com os imigrantes japoneses, há mais de um século. Para a diversão começar, bastam um microfone e a música instrumental de fundo. Mas alguns estabelecimentos vão mais além e colocam palco, luzes e ajuste de som à disposição do cantor.

O Canto Livre, na Praia da Costa, em Vila Velha, é um exemplo. Voltado especialmente para os amantes do karaokê, conta com programação diferenciada a cada noite. Sempre às quintas-feiras tem “A voz da semana”, um campeonato informal entre clientes.

"É uma brincadeira em que a regra é se divertir, aplaudir e respeitar o outro", conta Marcos Luppi, 33 anos, que de cliente assíduo acabou se tornando sócio literal do Canto Livre.

"Fui cliente por três anos, no endereço antigo. Ia todas as noites, todo mundo me chamava de sócio! Quando decidiram reabrir em novo endereço, me perguntaram se eu queria ser sócio de verdade. Aceitei e hoje trabalho aqui! Mas continuo cantando também, claro! É minha válvula de escape. É uma forma de liberar energia, de felicidade, tensão ou raiva. Quando canto esqueço de tudo", afirma Marcos.

Quem também passou de cliente a dona do estabelecimento é a Teresinha de Lurdes, mais conhecida como Loira. Há quase duas décadas, ela comanda um dos karaokês mais tradicionais de Vila Velha, o 20Cantar – Blond’s Videokê Bar.

"Era frequentadora do antigo 20Cantar, ia todos os dias logo que abria e ficava até 22h, que era o horário que meu ex-marido liberava. Um dia, o antigo dono ia se mudar e me ofereceu o bar. Aceitei o desafio e passei de sacoleira a administradora. Ralei bastante, mas fiz tudo do meu jeito e está aí, mês que vem faz 20 anos", conta.

Em novo endereço, na Praia de Itaparica, o Blond’s Videokê Bar funciona em uma casa que ela transformou em karaokê. Com palco interativo e uma lista com mais de 7 mil opções musicais, a diversão é garantida.

Em Cariacica, todas as quintas-feiras é noite de karaokê no Galego Carnes e Pizzas, no bairro São Geraldo. O dono do estabelecimento, Wellington Galdino, conhecido como Galego, conta que costuma trazer atrações ao vivo para o local, mas as pessoas queriam cantar também. "Separamos então uma noite na semana para isso e faz sucesso", afirma.

Clientes cantam, dançam e arrasam na performance, no karaokê Canto Livre, em Vila Velha.  Data: 27/07/2018
Foto:Bernardo Coutinho
Clientes cantam, dançam e arrasam na performance, no karaokê Canto Livre, em Vila Velha. Data: 27/07/2018

REPERTÓRIO 

Festa, gelo e cuba-libre... Vem amor, que a hora é essa! Não adianta negar as aparências nem disfarçar as evidências. Clássicos não ficam de fora! O hino "Evidências', então, é praticamente impossível  que passe uma noite sem ser cantado. Já motivou desafios, inclusive: rodada dupla de caipirinha se até meia-noite ninguém cantasse a música.

Mas se engana quem acha que o repertório parou no tempo. As opções são diversas, com sucessos atuais nacionais e internacionais, de pop, rock, samba, sertanejo e até indie!

"Não tem molde de público nem de repertório. Varia muito. A maior parte dos clientes vem de turma. Vem a galera indie rock, vem a galera que quer cantar Mamonas Assassinas. Tem dia que dá a galera mais velha. Tem dia que vêm famílias inteiras. Todos têm vez", afirma Marcos Luppi, do Canto Livre, em Vila Velha.

 Welignton Galdino, do Galego Carnes e Pizzas, em Cariacica, conta que a maioria ainda canta sertanejo. "Mas cresceu muito o número de gente cantando em inglês também", conta.

As músicas vão de Roupa Nova a Adele, assim como o variado público que aproveita para soltar a voz no karaokê Canto Livre, em Vila Velha.  Data: 27/07/2018
Foto:Bernardo Coutinho
As músicas vão de Roupa Nova a Adele, assim como o variado público que aproveita para soltar a voz no karaokê Canto Livre, em Vila Velha. Data: 27/07/2018

SERVIÇO

Canto Livre Karaokê

Voltado especialmente para os amantes do karaokê, conta com programação diferenciada a cada noite. Além de soltar a voz, ainda é possível saborear drinques e petiscos. E todos os dias pode rolar rodada dupla surpresa de caipirinha!

Onde: Rua Castelo Branco, 855, Praia da Costa/Centro - Vila Velha

Funcionamento: de terça a quinta e domingo, das 19h às 3h. Sexta e sábado, das 20h às 4h. Entrada a R$ 5 e músicas grátis. Às quartas, entrada gratuita.

Tel.: (27) 99694-4108

Programação:

Terça-feira: Diva's Night! (noite com temática LGBTQ)

Quarta-feira: Treino Livre (noite para a galera brincar e praticar, sem pagar para entrar)

Quinta-feira: A Voz da Semana (campeonato informal semanal entre os clientes)

Sexta e Sábado: até mais tarde (dias em que a casa funciona até as 4h da manhã)

Domingo: Karaokê Praieiro (uma vibe mais informal para começar a semana cantando e de bem com a vida)

20Cantar – Blond’s Videokê Bar

Palco interativo e mais de 7 mil músicas à disposição. Local conta com sinuca, totó e fliperama. Também é possível saborear petiscos e bebidas.

Onde: Rua Itacibá, 31 - Praia de Itaparica - Vila Velha

Funcionamento: De terça a domingo, a partir das 17h30

Tel.: (27) 3063-4590 / (27) 99757-7146

Galego Carnes e Pizzas

Noite do karaokê todas as quintas-feiras, a partir das 20 horas. Serve pizzas, lanches e petiscos.

Onde: Rua Santana, 94, São Geraldo - Cariacica

Funcionamento: De terça a domingo, a partir das 18h. Karaokê às quintas.

Tel.: (27) 3098-2400 / 99714 9494 / 99622-2400

Compartilhe



Mais no Gazeta Online