Família de Raul Seixas fica emocionada com música do capixaba Sandrera

Sandrera cantou "Querida Kika", música baseada em carta que o artista deixou para a então ex-esposa pouco antes de morrer, em 1989

Publicado em 24/07/2018 às 17h47

Atualizado em 25/07/2018 às 13h48

Cantor capixaba Sandrera, no clipe "Querida Kika", música baseada em carta que Raul Seixas deixou para sua então ex-esposa Kika em 1989
Foto:Reprodução/YouTube SANDRERA
Cantor capixaba Sandrera, no clipe "Querida Kika", música baseada em carta que Raul Seixas deixou para sua então ex-esposa Kika em 1989

Raul Seixas morreu em agosto de 1989, em São Paulo. Só que, em janeiro daquele ano, ele havia escrito uma carta para Kika, sua, então, ex-esposa. Nela, o artista destacava o sentimento que ainda sentia pela mulher e a saudade que tinha da filha, Vivi. Há cerca de quatro anos, recém-separado, o cantor e compositor Sandrera leu o documento na internet e se identificou com vários trechos. Na mesma hora, correu ao violão, fez uma música e decidiu que a canção iria sair em homenagem à história.

O capixaba lançou o clipe de "Querida Kika", na noite desta segunda-feira (23), e poucas horas depois já contabilizava um elogio que o deixou bastante feliz: de Kika. "Oi, Sandrera. Sou eu, Kika, no YouTube de Vivi. Parabéns pela música. Seu trabalho ficou lindo! A música deu vida a esta letra que Raul fez para mim poucos meses antes de morrer e agora você conseguiu fazê-la ainda mais emocionante e bela", escreveu Kika nos comentários do vídeo.

Sandrera detalha que logo que pensou em fazer a música, decidiu entrar em contato com Kika e Vivi, pela internet, com medo de que elas não gostassem do resultado. "Cerca de um ano depois que a música estava pronta eu mandei o áudio para a Vivi. Ela gostou, mostrou para Kika e as duas deram uma resposta positiva. Depois só tive que tomar coragem para perder a timidez, gravar o clipe e lançar", conta ele, revelando que o processo todo levou cerca de quatro anos.

Sandrera aponta que ficou muito contente com o comentário da família de Raul e que era só desse reconhecimento que ele precisava para saber que seu trabalho tinha dado certo.

"Eu não fiquei com medo dos fãs de Raul, embora eles tenham recebido bem, também. Estava com mais medo delas não ficarem satisfeitas com o resultado final", frisa. Segundo ele, desde que o clipe foi lançado, ele não para de receber mensagens de elogios de fãs dele, de Raul e de seguidores que acompanham Kika e Vivi Seixas na internet. "Estou curtindo muito esse momento pelo quanto elas gostaram", conclui.

BONECA NA GELADEIRA

O clipe do capixaba começa com um pai brincando com uma menina. Ele pergunta a ela se ela conhece Raul Seixas e ela responde que não. Em seguida, o homem questiona se ela conhece o "Capitão Garfo" e faz uma brincadeira que Raul fazia com Vivi, quando ela era criança.

"Ele tinha a mania de correr atrás dela com um garfo dizendo que ele era o Capitão Garfo e que ia pegar a boneca dela. E toda vez que a boneca sumia, ela (a boneca) estava ou no congelador ou na geladeira. Tanto que no fim do clipe a menina vai procurar o brinquedo nesse local", esclarece.

Kika e Vivi Seixas elogiaram o trabalho do capixaba Sandrera no clipe, publicado no YouTube na noite desta segunda-feira (23)
Foto:Reprodução/YouTube SANDRERA
Kika e Vivi Seixas elogiaram o trabalho do capixaba Sandrera no clipe, publicado no YouTube na noite desta segunda-feira (23)

Quando foi comprar o brinquedo, Sandrera ainda relata que ficou perdido quando viu um "mundo" de bonecas à sua frente. Por um momento, o artista brinca dizendo que não sabia qual escolher. "Mas, de repente, olhei para o lado e vi uma boneca que parecia estar isolada, em cima de um urso de pelúcia. Quando cheguei perto, a embalagem indicava que o nome dela era Vivi, como o da filha de Raul. Não tive como não comprá-la para o vídeo", finaliza.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online