Viradão Vitória 2018 terá 80 atrações em 30 horas de festa no Centro

Novidade deste ano é um palco para bandas novas e a participação de coletivos que movimentam a cena cultural da Capital

Publicado em 16/08/2018 às 14h54

Atualizado em 16/08/2018 às 14h56

Viradão Vitória pretende reunir 40 mil pessoas no Centro
Foto: Elizabeth Nader / PMV
Viradão Vitória pretende reunir 40 mil pessoas no Centro

Faltam 21 dias para a cultura tomar conta das ruas do Centro Histórico da Capital capixaba. O Viradão Vitória será realizado das 16h do dia 7 de setembro até às 22h do dia seguinte, reunindo música, dança, teatro, literatura e cinema em uma série de atividades. O objetivo é fomentar a produção cultural da cidade e comemorar os 467 anos de Vitória.

A novidade deste ano é um palco destinado à apresentação de bandas novas, que se inscreveram dentro de um edital lançado pela Prefeitura de Vitória. Outro destaque do evento é a participação dos coletivos e produtores que movimentam a cena cultural no Centro, como a Casa da Stael, O Parque, Feira Sabor e Arte, Espaço Vintage, Má Companhia e o Mercado do Vinil, que acontecem em conjunto com o Viradão

Segundo a prefeitura de Vitória, que deve divulgar a programação completa na próxima semana, nesta 3ª edição do Viradão Vitória, está prevista a participação de aproximadamente 80 atrações para as 30 horas de evento. Elas estarão distribuídas pelo corredor cultural do Centro, com apresentações culturais na Casa Porto das Artes Plásticas, na Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música - Fafi, nas praças Oito e Ubaldo Ramalhete, nas ruas do Rosário, Gama Rosa e Sete, além da Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim, o Museu Capixaba do Negro “Verônica da Pas” (Mucane) e o Parque Moscoso.

Outros espaços culturais da região estarão participando do evento, como o Museu de Arte do Espírito Santo (MAES), a Galeria Homero Massena, o Palácio Anchieta e o Teatro Carlos Gomes, que estará recebendo o Festival de Cinema de Vitória, que neste ano comemora 25 anos de existência.

EXPECTATIVA

Nas duas primeiras edições do Viradão Vitória,, foram 48 horas de apresentações. Em cada uma delas, um público estimado em mais de 30 mil pessoas esteve presente. Segundo o secretário Municipal de Cultura Francisco Grijó, a expectativa deste ano é aumentar o número de frequantadores, chegando a 40 mil pessoas nas 30 horas de evento.

"A arte é, por princípio, democrática. O que cabe ao poder público é manter essa ideia sempre acesa, difundi-la e executá-la – daí os editais, que estendem essa ideia à participação dos atores culturais e dos artistas. A Virada Cultural, que acontecerá nos dia 7 e 8 de setembro, será fundamentada nessa ideia democrática, nesse paradigma que é, na verdade, a forma mais respeitosa tanto à arte quanto a quem a produz", detalha o secretário.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online