Wesley Camilo aposta no soul com toque pop em EP

Músico reúne bagagem musical que vai do gospel ao hip hop no EP "Minhas Verdades"

Publicado em 21/08/2018 às 14h16

Atualizado em 21/08/2018 às 14h17

Foto: Felipe Barros/Divulgação
Wesley Camilo lança EP "Minhas Verdades"

Nascido e criado em Osasco, município da região metropolitana de São Paulo, Wesley Camilo começou a trilhar seu caminho pela música de uma maneira já conhecida por muitos: dentro da igreja, onde frequentou por anos o coral e chegou a participar de outros projetos musicais.

O tempo passou, o músico se especializou e acumulou experiências relevantes ao longo dos anos, como a produção de faixas para grandes nomes como RZO e Criolo. Mas, atendendo ao apelo de sua veia autoral, Wesley aposta agora no EP “Minhas Verdades”, em que se aventura no r&b, com influências da soul music e do pop.

Multi-instrumentista, Wesley Camilo começou pelo trompete, mas também aprendeu a tocar violão, piano e se aperfeiçoou no vocal. Muito curioso e autodidata, passou a dar aulas de técnica vocal para os companheiros da igreja onde deu os primeiros passos musicais.

“A sempre incentivou a questão musical, porque é um dos pontos fortes da comunicação da religião. Mas sempre foi muito louco, porque eu tinha essa influência da igreja, mas também ouvia músicas que tocavam na rua, que tocavam em festas, bailes black... Não entendia muito o que estava acontecendo, mas eu gostava muito do que ouvia. Surgiu um amor por isso”, conta Wesley, se referindo à mistura entre “sagrado e profano” no início da carreira.

Depois que se especializou nos instrumentos com os quais tinha mais afinidade, Camilo passou a participar de gravações com outros músicos e a trabalhar como freelancer. As experiências, segundo Camilo, funcionaram como um estímulo, já que o reconhecimento de grandes artistas era o indicativo de que estava realizando um bom trabalho.

“Tenho lembranças de quando era mais novo, ouvia muito Racionais, RZO... Não imaginei estar presente nos mesmos lugares, nos mesmos estúdios que esses caras. É algo surreal, surpreendente. Para quem faz música solo, às vezes é difícil porque o senso crítico é alto. Trabalhar com caras experientes assim é quase um aval”, confessa.

Aos 27 anos, o músico reuniu em sete faixas um pouco da bagagem musical que acumulou ao longo da vida, desde a infância e adolescência no coral da igreja às influências do hip-hop.

Camilo ganhou reforço em quatro canções: “Amizade” (Rashid), “Só Você” (Sorry Drummer), “Nova Chance” (Renan Sampaio) e “Sonhos – Remix” (Silvera e Coruja BC1).

Nas letras, o músico coloca aquilo que vive e com o que convive o tempo inteiro. Daí vem o título do disco, como quem deseja passar um recado particular. Entre os destaques, está a faixa “Somos Iguais”, em que Camilo canta contra o egoísmo e prega a evolução pelo reconhecimento das diferenças entre as pessoas.

“Acho que a música nos faz chegar mais perto de Deus. É algo muito fraternal. Falo de assuntos verdadeiros, minha inspiração é diária, tudo o que vejo me inspira. Aí como sou eu que faço os instrumentais, faço primeiro a base, a batida e depois construo a letra e a melodia”, conclui Camilo, que acredita no crescimento do r&b brasileiro nos próximos anos.

Minhas Verdades

Wesley Camilo. Independente, 7 faixas. Disponível nas principais plataformas de streaming.

 

 

Compartilhe



Mais no Gazeta Online