Abertas inscrições para a Lei Rubem Braga em Cachoeiro

Ao todo, R$ 575 mil serão distrubuídos entre os vencedores do edital; apenas moradores podem concorrer

Publicado em 11/09/2018 às 14h39

Regras e benefícios da Lei Rubem Braga 2018 foram anunciados durante cerimônia em Cachoeiro de Itapemirim na última semana
Foto:Reprodução/PMCI
Regras e benefícios da Lei Rubem Braga 2018 foram anunciados durante cerimônia em Cachoeiro de Itapemirim na última semana

Até o próximo dia 22 de outubro, os moradores de Cachoeiro de Itapemirim podem concorrer ao edital da Lei Rubem Braga deste ano, que dividirá R$ 575 mil entre, ao menos, 29 ganhadores. Neste ano, 11 áreas culturais serão contempladas e cada projeto terá aprovado, no máximo, R$ 18 mil. As inscrições devem ser feitas na prefeitura e no site do órgão para que seja válida.

De acordo com a Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, além disso, se houver casos em que sobrem recursos por falta de projetos que tenham atingido a nota mínima para aprovação em determinada área, projetos de outro segmento poderão ser contemplados, de acordo com a nota que tenham recebido - em ordem decrescente.

Nos projetos, os candidatos precisam apresentar a contrapartida social, que é o retorno ao apoio financeiro recebido, especificando como se dará o acesso da população ao resultado do que ele está propondo. Os que forem contemplados terão que realizar, no mínimo, três ações abertas ao público, com data e local indicados pela Secretaria de Cultura e Turismo de Cachoeiro de Itapemirim.

Leia também

O órgão explica que podem concorrer propostas de música, dança, fotografia e vídeo, literatura, artes plásticas, artes gráficas e filatelia, restauração de acervo e patrimônio histórico e cultural de museus e centros culturais. Para as inscrições, a exigência é que sejam preenchidos formulários presenciais e online: o concorrente deve ir à Secretaria da Fazenda de Cachoeiro de Itapemirim entregar os documentos exigidos, mas, além disso, compartilhar via drive a mesma papelada com um e-mail da prefeitura.

Os projetos inscritos serão submetidos a análise documental e avaliação cultural pelas comissões de Gerenciamento e Fiscalização e Julgadora, respectivamente. 

COMISSÃO

Em evento realizado na última semana, a Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim divulgou os julgadores que compõem a comissão da Lei Rubem Braga deste ano:

Avaliador: Josivaldo Araújo de Sousa

Áreas Culturais: Carnaval e Artesanato

Cidade: São Paulo (São Paulo)

Avaliadora: Sofia Schramm de Brito

Área cultural: Artes Plásticas, Gráficas e Filatelia

Cidade: Navegantes (Santa Catarina)

Avaliadora: Talita Jordina Rodrigues

Áreas culturais: Literatura e Cinema, Fotografia e Vídeo

Cidade: Joinville (Santa Catarina)

Avaliadora: Jussara Janning Xavier

Área cultural: Dança e Teatro, Circo e Ópera

Cidade: Florianópolis (Santa Catarina)

Avaliador: Srilis Leonel Mourão

Área cultural: Música

Cidade: Goiânia (Goiás)

Avaliador: Lúcio Enrico Vieria Attia

Áreas culturais: Folclore e Capoeira, História e Preservação e Restauração de Acervo, Patrimônio Histórico e Cultural de Museus e Centros Culturais

Cidade: Recife (Pernambuco)

Compartilhe



Mais no Gazeta Online