Premiada, peça "Cortiço dos Anjos" terá sessões gratuitas em Vila Velha

Obra foi premiada no Festival Nacional de Teatro de Guaçuí na categoria "Melhor Espetáculo"

Publicado em 11/09/2018 às 18h39

Cena de "O Cortiço dos Anjos": peça foi premiada no Festival Nacional de Teatro de Guaçuí e terá sessões gratuitas em Vila Velha
Foto:Thiago Lourenço
Cena de "O Cortiço dos Anjos": peça foi premiada no Festival Nacional de Teatro de Guaçuí e terá sessões gratuitas em Vila Velha

O espetáculo não tem uma personagem principal. São quatro - uma velha travesti, uma crente fanática, uma lésbica ex-presidiária e uma prostituta - que têm a história das próprias vidas contadas em cena, em "O Cortiço dos Anjos", que terá duas sessões de graça, no Teatro de Vila Velha, nesta quarta (12), às 19h e às 21h. A obra, inspirada em dramaturgia de Nelson Rodrigues e Plínio Marcos, quer fazer refletir de que forma essas figuras chegaram àquele ponto da vida e como são julgadas pela sociedade.

"O Cortiço dos Anjos" destaca a história dessas quatro mulheres que vivem no cortiço de Lady Domana - a velha travesti -, no Beco do Italiano. A trama, além de apresentar as personagens, também se passa no momento em que a polícia investiga a morte de uma quinta moradora do cortiço, a Teresa. Prostituta, ela foi assassinada misteriosamente no local.

"Mais do que entreter, a peça promove a reflexão de situações que são vivenciadas no cotidiano, se não por nós, por pessoas à nossa volta", destaca o diretor Rodrigo Paouto.

.
Foto:Rodrigo Paouto
.

De acordo com Dana Oliver, atriz que dá vida a Cecília, a ex-presidiária lésbica, o espetáculo veio para comemorar os 15 anos da Trupe Iá Pocô e como forma de mostrar aos espectadores um novo olhar sobre uma mesma figura. Para ela, esses estereótipos são taxados pela sociedade como "os piores", em suas próprias palavras. "No entanto, ninguém se questiona o porquê de eles terem chegado até ali ou de que forma isso pode mudar. A reflexão da peça é fazer você sair do teatro pensando nisso", explica.

O espetáculo já rodou algumas cidades capixabas, sobretudo do interior do Espírito Santo, com direito a um debate com a platéia após a sessão. "Nós fazemos questão de saber o que o público achou. A opinião é muito importante, bem como a percepção que cada um teve", diz, completando: "Nós também ganhamos sete prêmios e seis indicações no Festival Nacional de Teatro de Guaçuí, quando nos apresentamos lá. Isso mostra o quanto está sendo bem aceita a produção", comemora.

No concurso, o espetáculo conquistou o Prêmio Paulo Honório da Costa - o maior que poderiam receber - pelo conjunto da obra. Também saíram de Guaçuí com os títulos de Melhor Espetáculo, Melhor Texto, Melhor Direção na Categoria Adulto (Rodrigo Paouto), Melhor Atriz (Dana Oliver) e Melhor Atriz Coadjuvante (Deb Schulz).

.
Foto:Thiago Lourenço
.

SERVIÇO

"O Cortiço dos Anjos"

Onde: Teatro de Vila Velha (Praça Duque de Caxias, Centro de Vila Velha)

Quando: quarta-feira (12), às 19h e às 21h

Ingressos: entrada franca (bilhetes devem ser retirados até uma hora antes do início de cada sessão na bilheteria do local)

Mais informações: (27) 3388-4217

Compartilhe



Mais no Gazeta Online