Sunrise Blues Band faz estreia autoral no "Divirta-se Live Sessions"

O quinteto de blues é a atração desta semana, no quarto episódio do programa de música

Publicado em 20/09/2018 às 10h54

Atualizado em 20/09/2018 às 15h53

especial

Sucedendo Gavi e sua black music, o que preencherá o parque gráfico da Rede Gazeta, no quarto episódio do “Divirta-se Live Sessions”, será a Sunrise Blues Band e seu blues tradicional de altíssima qualidade. Confira:

Surgida há mais de 15 anos, a banda agora lança suas primeiras músicas autorais. “Esse lançamento representa um marco para a Sunrise, porque vai ser lançado um produto autoral pela primeira vez e em uma plataforma que transcende a plateia do show e atinge um público muito maior”, afirma Rodrigo Rezende, vocalista e gaitista da banda completada por Henrique Mattiuzzi (guitarra e voz), Caio Bonomo (guitarra), Antonio Cezar Martins (baixo) e Daivison Borges (bateria).

Sobre a demora para o início da produção autoral, Rodrigo diz: “Para fazer o blues você tem que viver blues e aos 18 anos, que foi quando criamos a banda, eu não tinha sofrido o suficiente (risos). Só agora, depois de tanto tempo, podemos fazer um blues de verdade”.

Para o baixista Antonio Cezar, também idealizador e diretor do programa, as vivências e diferentes referências de cada integrante só enriquecem a banda. “Os músicos vêm de diferentes escolas e o resultado disso se vê na produção de um blues tradicional de qualidade repleto de referências”, pondera.

Leia também

A banda planeja seguir com as autorais e fechar, até o final deste ano e início do ano que vem, um show autoral completo. “Depois de ter tanta bagagem, tanta referência, conhecer tanta coisa dentro do blues, nada mais justo do que trazer a nossa chancela, mostrar qual é a nossa sonoridade, que nada mais é do que o conjunto de todas as referências que a gente adquiriu ao longo de todos esses anos”, completa Rodrigo.

Além disso, o grupo pretende, também, investir na produção de conteúdos audiovisuais. “Sendo a maioria do grupo da área da comunicação e do audiovisual, nada mais natural do que esse tipo de produção”, diz o vocalista, que completa: “Vocês podem esperar algo no estilo live session, ou quem sabe um ‘sun session’ (risos)”.

EPISÓDIO PILOTO

Rafael Braz, apresentador do programa, revela que a “session” com a Sunrise foi gravada como um piloto, ou seja, um episódio teste. “Não sabíamos como seria questão de captação de som, cenário... então tinha que ter um teste. Também queríamos ter o piloto em mão para mostrar para as atrações que queríamos convidar”, conta.

A escolha foi meio óbvia, Antonio, afinal, é diretor do programa e a banda também conta com outros dois funcionários da rede – o que facilitou com logística.

“Mas o resultado do piloto ficou tão bom que resolvemos inseri-lo na temporada. Acho que é o episódio mais visceral da temporada”, finaliza Rafael. 

A autora é residente em jornalismo. Texto sob supervisão de Rafael Braz

Compartilhe



Mais no Gazeta Online