Encontro vai reunir 300 carros antigos e colecionáveis no ES

Relíquia do mundo automotivo, veículo dos anos 20 pertence ao Corpo de Bombeiros e é chamado, carinhosamente, de "vovozinha"

Publicado em 08/10/2018 às 17h39

Atualizado em 08/10/2018 às 17h41

.
Foto:Shopping Boulevard/Divulgação
.

De sexta (12) a domingo (14), o Boulevard Vila Velha será palco da 26ª edição do Encontro Capixaba de Veículos Antigos. O evento, que fica aberto das 10h às 22h, deve reunir cerca de 300 carros considerados colecionáveis do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Minas Gerais. A expectativa é que, por dia, o local receba de 5 a 10 mil visitantes. 

De acordo com o organizador, Fernando Menezes, o encontro é uma oportunidade de jovens e adultos apreciarem veículos que fizeram sucesso no Brasil e no mundo a partir dos anos 20 e relembrar o tempo em que os clássicos tomavam as ruas da cidade. "A 'vovozinha' mesmo, do Corpo de Bombeiros, será um dos pontos altos do evento. É que esse carro só é exposto em grandes eventos e precisa de cuidados especiais, como não ficar exposto ao sol, por exemplo. Mas nós estamos preparando uma estrutura só para receber a relíquia", destaca, se referindo a uma viatura do Corpo de Bombeiros dos anos 20. 

Fernando frisa que Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e Linhares são os municípios do Espírito Santo que mais contabilizam carros antigos, enquanto Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro são os estados que mais concentram esse tipo de colecionável. "Sempre tentamos conscientizar as pessoas de que um carro, quando é novo, um dia será colecionável. Então, todo mundo tem que cuidar bem de seus veículos. Um veículo novo, por exemplo, que tenha a fabricação extinta, será colecionável daqui a 10 anos", exemplifica. 

A gente fala em colecionável quando o veículo possui determinadas características, dentre as quais está a idade
Fernando Menezes, organizador do evento

Segundo o organizador, um veículo passa a ser antigo, em média, a partir dos 20 anos. "É muito relativo porque esse conceito está muito ligado à raridade do carro. Mas a partir dos 15, 20 anos ele já pode ser considerado um carro antigo. Com 30 (anos) ele recebe a placa preta e aí, nesse patamar, ele já tem um valor agregado bastante grande", conclui. 

.
Foto:Shopping Boulevard/Divulgação
.

O organizador acredita que o veículo do Corpo de Bombeiros será o mais antigo dessa edição, já que possui aproximadamente 90 anos. No entanto, pondera que o que os colecionadores trarão para a feira ainda é uma incógnita: "Os colecionadores mais robustos possuem até 15, 20 carros. O que eles vão trazer é sempre uma surpresa. Esperamos que os pais aproveitem para trazer os pequenos no Dia das Crianças e que o público se encante com as relíquias que estarão expostas". 

SERVIÇO

XXVI Encontro Capixaba de Veículos Antigos

Local: Shopping Boulevard (Av. Jones dos Santos Neves, 5000, Itaparica, Vila Velha)

Data: de 12 a 14 de outubro, das 10h às 22h

Ingressos: entrada franca

Compartilhe



Mais no Gazeta Online