Orquestra Sinfônica do Espírito Santo toca clássicos da MPB

No concerto "MPB Sinfônico", Oses apresenta músicas de Elis Regina e Chico Buarque com regência do maestro Fernando Morais

Publicado em 23/10/2018 às 20h14

Atualizado em 23/10/2018 às 20h25

Ganhador de vários prêmios de composição,  Fernando Morais assina todos os arranjos
Foto:David Penington/Divulgação
Ganhador de vários prêmios de composição, Fernando Morais assina todos os arranjos

Raul Seixas, Cartola, Cassia Eller, Jorge Ben Jor, Chico Buarque e Dorival Caymmi ganham arranjos orquestrais no concerto “MPB Sinfônico”, que acontece nesta quarta (24) e quinta-feira (25), às 20 horas, no Teatro Glória, no Centro. A Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) será regida pelo maestro, compositor e trompista Fernando Morais, que também assina os arranjos da apresentação.

Em sua primeira vez em Vitória, Morais escolheu clássicos da música popular brasileira que marcaram sua história. “Esse repertório gera curiosidade porque todas as músicas, assim como estão ligadas à minha vida, estão ligadas à vida de muita gente. São mais de 40 canções, como ‘O Bem do Mar’, de Dorival Caymmi, que meu filho cantava quando tinha quatro anos”, entrega o maestro.

A obra de Chico Buarque terá como solista o clarinetista da Oses, Cristiano Costa. Já o arranjo de Elis Regina é dedicado aos músicos e ao maestro da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo, Helder Trefzger. De todos os arranjos da noite, apenas dois já foram tocados, um deles pela própria Oses, na estreia mundial do maestro há alguns anos.

“Os capixabas têm privilégio porque a orquestra e o maestro Helder Trefzger são muito bons. Aliás, Helder já tinha dado uma lida nas obras e o grosso desse concerto ele fez com os músicos. Eu coloquei os meus detalhes e meu jeito de reger. Algumas pessoas pensam que o maestro não faz nada ali na frente, mas ele muda completamente as possibilidades de uma obra. Cada regente tem uma visão, e é muito subjetiva”, diz Morais.

CARREIRA

O maestro convidado é natural de Santos e mora em Brasília há 18 anos. Trabalhou dez anos com Cyro Pereira, grande maestro, compositor, arranjador e pianista. Suas obras romperam as fronteiras e foram tocadas não só no Brasil, como no exterior.

Nos últimos dez anos, Fernando Morais tem se dedicado à parte pedagógica do ensino da música. “Tenho cinco métodos publicados, que já se alastraram pelo país. Eu tenho o sonho de ensinar com a música brasileira, com as cantigas de roda e cirandas. Acho que as crianças deveriam aprender com a nossa música, que é muito bonita por sinal”, deseja.

MPB Sinfônico

Com Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo

Quando: quarta-feira (24) e quinta-feira (25), às 20h. Onde: Teatro Sesc Glória.

Onde: Av. Jerônimo Monteiro, 428, Centro, Vitória.

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Disponíveis com antecedência na bilheteria do teatro.

Informações: (27) 3232-4750.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online