Malhação ganha cenas inspiradas em 'Esqueceram de Mim'

Sucesso na trama teen, parceria entre Arlindo Lopes e Maria Rita deve se estender para os palcos

Publicado em 20/12/2018 às 14h31

20/12/2018 - Mel (Maria Rita) e Getúlio (Arlindo Lopes). Dupla faz sucesso em "Malhação - Vidas Brasileiras"
Foto:Raquel Cunha/Globo
20/12/2018 - Mel (Maria Rita) e Getúlio (Arlindo Lopes). Dupla faz sucesso em "Malhação - Vidas Brasileiras"

Dizem que amor não tem idade. E amizade também não. É o que mostram os atores Arlindo Lopes, 39, e Maria Rita, 10, que interpretam a inseparável dupla Getúlio e Mel em "Malhação - Vidas Brasileiras" (Globo). A parceria, inclusive, deve se estender para os palcos quando a atual temporada da novela teen acabar.

"Tenho uma relação muito bacana com crianças. Por isso, contracenar com a Maria Rita é muito especial. Inclusive, quero fazer uma peça com ela após Malhação. Já falei isso para ela", disse Lopes. Em entrevista ao F5, a atriz-mirim mostrou-se bastante animada com a possibilidade: "Tomara que aconteça. Eu vou amar. Nossa dupla é muito legal".

Com enredo inspirado no filme "Esqueceram de Mim" (1990), Mel e Getúlio ganharam uma quinzena em "Malhação", que teve início nesta segunda (17). Na trama, os pais da menina, Gabriela (Camila Morgado) e Paulo (Felipe Rocha), precisam se ausentar para um evento na Escola Sapiência sugerido pela professora: o acantonamento.

Na ocasião, funcionários do colégio e os alunos vão passar a noite juntos em clima de solidariedade após a tragédia envolvendo o jovem Vagner (Ruan Aguiar). Getúlio fica com a responsabilidade de cuidar de Mel enquanto o evento acontece. No entanto, o garçom do Le Kebek consegue um trabalho extra na mesma noite e pede segredo à menina. Afinal, terá que levá-la para a missão.

Mel concorda com a ideia de sair com ele e, no caminho, pede uma boneca de presente de Natal. Na intenção de agradá-la, Getúlio dá uma golpe no camelô Tobias (Charles Paraventi) para conseguir o brinquedo e coloca Mel em risco após as ameaças do vendedor. "Ele fica desesperado para salvar a menina", afirma Lopes, que acredita que seu personagem vai tomar jeito após o ocorrido.

Ele acrescenta: "Getúlio já estava mudando, estava mais legal. No início eu era xingado nas ruas. Nunca tinha feito um personagem que despertasse isso nas pessoas. Tinham senhoras que me chamavam de mau-caráter e ridículo. Teve uma que me deu uma cotovelada no hortifrutti. Fiquei um pouco assustado com isso. Agora, desde que ele começou a se envolver com a Brigitte [Marianna Armellini] e com a Mel, ganhou mais a simpatia do público. Apesar disso, ele nunca perde o adjetivo de 171".

Leia também

Entre as cenas preferidas de Lopes e de Maria Rita estão aquelas em que a dupla apresenta um número musical no show de talentos do Sapiência. "Trabalhar com o Arlindo é divertido. Ele é muito legal comigo e eu adoro ele. É um parceiro que vai ficar para a minha vida", afirma a atriz mirim.

O ator ficou tão realizado com a cena que escreveu um e-mail para a autora Patricia Moretzshon e para a diretora Natália Grimberg, agradecendo. "Quando fizemos essa cena da dança, eu cheguei em casa muito leve por ter gravado com ela [Maria Rita]. Naquele dia, eu tinha um problema e consegui resolvê-lo de uma forma mais tranquila. Acredito que tenha sido por causa desse momento tão delicioso."

Lopes não poupa elogios à atriz mirim, que já fez parte do elenco infantil do programa Esquenta, apresentado por Regina Case, além de ter feito participações nos programas Tamanho Família, Adnight, no filme "Um Tio Quase Perfeito" (2016) e algumas propagandas. "Ela é uma geniazinha. Um amor. Superconcentrada".

PROJETOS INFANTIS

Em meio a outros projetos e após ter gravado quatro filmes nos últimos três anos - "Berenice Procura", "Alguém como Eu", "A Voz do Silêncio" e "O Beijo no Asfalto" (2017) -, Arlindo Lopes agora está desenvolvendo uma série musical infantil para a TV que ainda não pode revelar detalhes.

"Ela tem um lado lúdico e outro superreal. Mistura esses dois mundos. Temos sentido uma repercussão bacana quando apresentamos o projeto que fala sobre adoção. Todas as crianças da série são filhos adotivos. Uns aceitam e outros não", afirma ele, que diz ter apresentado o projeto para a Globo, mas não revelou qual foi o retorno que obteve da emissora.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online