Duo apresenta releitura de músicas de Chico Buarque em Vila Velha

Artistas prometem um "Chico Buarque como você nunca ouviu", com direito a mescla de pop e eletrônica nas canções que são símbolos da MPB

Publicado em 08/01/2019 às 19h07

Duo NUZ'S: Max Silva e Marcê Porena
Foto:Comunicação Assessoria em Cultura - Música do Brasil/Divulgação
Duo NUZ'S: Max Silva e Marcê Porena

No próximo dia 19 de janeiro, Max Silva e Marcê Porena apresentam, no Teatro de Vila Velha, "Chico Buarque: Um Outro Olhar", que reúne canções emblemáticas de um dos artistas que é a cara da MPB para dar uma nova perspectiva às músicas. Em apresentação inédita no Espírito Santo, o duo NUZ'S pretende, ainda, trazer esse novo ângulo das composições com mesclas de eletrônica e pop.

O projeto com a releitura das músicas começou em 2017 e, por isso, já chega a Vila Velha mais maduro. O show faz um convite a essa experiência única com as músicas do tradicional compositor brasileiro. "É uma experimentação o que nós estamos fazendo, dando uma sonoridade diferente às canções mais conhecidas", dispara Max, em entrevista exclusiva ao Gazeta Online.

Segundo Max, é a primeira vez que o duo faz um trabalho parecido com artistas brasileiros, mas ele e Marcê não devem parar por aí. Além de aperfeiçoarem, show a show, as músicas que já interpretam, eles pretendem começar a brincar com o som de mais personalidades musicais.

"Nós dois, como artistas, estamos vivendo essa fase de reformulação. Esse projeto simboliza isso. Então, tem muito do que estamos experimentando nessa nova arte", ressalta Max.

 

 

Para o cantor, a resposta ao trabalho tem sido boa pelos locais em que já apresentaram o projeto com as músicas de Chico Buarque. "Gente que já conhece a obra está elogiando e gente que nunca escutou nada dele (do Chico) está gostando, também, porque tem a oportunidade de ouvir a canção já com uma cara diferente", comemora ele, completando que o projeto também é solução para diversificar o público que consome a MPB.

MÚSICA SINTETIZADA É TENDÊNCIA

Leia também

Não é comum ouvirmos clássicos da MPB com toques eletrônicos. Mas é que, para Max, a música sintetizada - como é chamada - é uma tendência. "Acho que é a nova cara da MPB. E acredito que nós estamos vivendo isso. A gente acompanha muito a música mundial e você vê, sobretudo na Europa, esse resgate do tradicional para essa contemporaneidade", relata.

Max frisa que o show, como está sendo apresentado, também tem um quê sensorial, que depende da recepção que cada um terá do trabalho que foi feito nas canções. "Porque é uma poesia muito forte... Quando você traz um som mais pesado para as canções, isso geralmente se perde, mas a gente conseguiu fazer com que os arranjos complementassem a poesia, e não a anulassem", explica.

SERVIÇO

Chico Buarque: Um Outro Olhar

Onde: Teatro de Vila Velha (Praça Duque de Caxias, s/n, Centro de Vila Velha)

Quando: sábado (19), a partir das 20h

Ingressos: R$ 35 (promocional limitado); R$ 35 (meia-entrada); R$ 50 (inteira) - Vendas por meio do Sympla.com.br

Mais informações: (27) 3388-4213

 

 

Compartilhe



Mais no Gazeta Online