Bolsonaro afirma que Lei Rouanet vai continuar, diz João Doria

Doria disse ter encontrado o presidente em Brasília há 40 dias para falar sobre o mecanismo de incentivo à cultura

Publicado em 27/03/2019 às 15h21

Foto:Montagem Gazeta Online

O governador João Doria, do PSDB, diz ter ouvido do presidente Jair Bolsonaro que a Lei Rouanet continuará em vigor, “mesmo sem consultar o ministro Osmar [Terra]”, titular da pasta da Cidadania, que engloba a área da Cultura.

Doria disse ter encontrado o presidente em Brasília há 40 dias para falar sobre o mecanismo de incentivo à cultura num momento de “pressão para que a lei fosse extinta”.

Leia também

O governador disse ter exposto seu ponto de vista de que a Lei Rouanet seja usada para preservar e incentivar a cultura brasileira e o legado de “dezenas de museus” como o museu do Ipiranga —e não para patrocinar artistas estrangeiros.

Ele relatou o encontro com o presidente e a discussão sobre a lei num evento destinado a apresentar, a eventuais patrocinadores, o projeto de restauro do Museu Paulista, instituição ligada à Universidade de São Paulo conhecida como Museu do Ipiranga.

Ao fazer o que chamou de “convocação aos empresários do estado que lidera a economia brasileira”, agradeceu publicamente ao presidente Jair Bolsonaro pela viabilização do patrocínio às obras.

Isso porque o programa montado pelo estado para o restauro do museu, fechado desde 2013 ao público por causa de graves problemas estruturais, depende da Lei Rouanet. No evento, a EDP, empresa portuguesa do setor de energia, o Itaú e a Sabesp anunciaram apoio ao museu.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online