Documentário que acusa Michael Jackson de pedofilia estreia nos EUA

Em duas horas de transmissão, James Safechuck, 40, e Wade Robson, 36, que afirmam ter sido abusados sexualmente pelo cantor quando eram crianças e contam detalhes sobre a relação deles

Publicado em 04/03/2019 às 16h54

Michael Jackson, cantor morreu em 2009
Foto:Divulgação
Michael Jackson, cantor morreu em 2009

A primeira parte do documentário "Leaving Neverland", do diretor Dan Reed, foi exibida na noite deste domingo (03) pela HBO, nos Estados Unidos. Em duas horas de transmissão, James Safechuck, 40, e Wade Robson, 36, que afirmam ter sido abusados sexualmente por Michael Jackson quando eram crianças, e contam detalhes sobre a relação deles com o cantor.

Safechuck conheceu Jackson aos 10 anos, quando foi escalado para um comercial da Pepsi. Já Robson, que se tornou coreógrafo, encontrou o artista pela primeira vez aos 7, após vencer uma competição de dança. "Todo mundo queria conhecer ou estar com Michael", diz James no início do filme.

Neverland é o complexo onde Jackson vivia, na Califórnia, e incluía um parque de diversões, um zoológico e uma estação de trem. No documentário, é retratado como o lugar perfeito para manter as crianças longe dos pais.

Leia também

Safechuck e Robson dizem que suas famílias tinham quartos em uma casa de hóspedes, separada da residência principal em que eles ficavam com Jackson.

Uma das sequências mais chocantes do filme é quando James relembra em que cômodos de Neverland foi abusado pelo cantor, como no quarto de Jackson que possuía um sistema de alarme para avisar se alguém estivesse chegando perto.

Em uma cena, James mostra um anel de ouro com diamantes. A joia teria sido um presente do artista para usar em uma cerimônia de casamento de brincadeira entre os dois.

Os defensores de Jackson apontam que tanto Safechuck quanto Robson disseram às autoridades no passado que eles não foram molestados por Jackson, e que Robson defendeu o cantor durante o julgamento.

A segunda e última parte do documentário será exibida nos Estados Unidos na noite desta segunda (4), pelo canal HBO.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online