Fenômeno k-pop conquistou o Brasil e o mundo com grupos como o BTS

Banda formada por sete integrantes vem ao país em maio para dois shows com ingressos já esgotados em poucas horas

Publicado em 17/03/2019 às 16h39

Foto: BTS/Divulgação
O BTS se apresenta nos dias 25 e 26 de maio no Brasil com ingressos esgotados

Confusão, choro, desmaios e fãs dormindo na fila para comprar ingressos. Assim foram os últimos dias de alguns admiradores do grupo coreano BTS (sigla para Bangtan Boys) que se apresenta no Brasil nos dias 25 e 26 de maio. Formado por sete jovens coreanos (Jin, Suga, J-Hope, Rap Monster, Jimin, V e Jungkook), o grupo é um dos mais famosos do movimento k-pop, estilo musical que surgiu na Coreia do Sul.

Trinta e nove mil ingressos foram disponibilizados para cada show do grupo no Allianz Park, em São Paulo. Os preços vão de R$ 145 (cadeira superior) a R$ 950 o ingresso especial chamado de soundcheck package show, que dá direito ao fã entrar antes no estádio, acompanhar a passagem de som e permanecer na pista premium.

O k-pop não é sucesso só no Brasil, é uma febre que começou a tomar forma em 1995 na Coreia do Sul mas ganhou o mundo em 2012 com o sucesso de Gangnam Style, do rapper PSY. A indústria pop coreana movimenta R$ 4,7 bilhões e tem entre os grandes nomes o BTS, o EXO, Monsta X, Big Gang. A sonoridade mistura música pop ocidental a referências coreanas e o visual é sempre apuradíssimo.

Aqui no Espírito Santo o movimento k-pop tem crescido. Jéssica Monteiro, 26 anos é coordenadora da Espírito Kpop, empresa dedicada à cultura coreana que desde 2015 realiza encontros entre os fãs. Ela conta que cerca de 700 pessoas se reúnem nos eventos que vão além do k-pop e exploram também a culinária, as vestimentas e outras vertentes da cultura coreana.

Leia também

O público, antes formado por pessoas entre 14 e 40 anos, agora também conta com crianças conquistadas pelo k-pop. “Esse público infantil é consequência do sucesso do BTS. Eles tiveram esse alcance maior e o k-pop deles é mais agradável de se ouvir”, explica Jéssica.

O próximo encontro organizado por ela será no dia 13 de abril, antes do show do BTS no Brasil. Jéssica é uma das sortudas que conseguiu comprar ingresso. “Foi difícil porque os cambistas entraram no meio da história. Já fui ao show em 2015 e 2017, só perdi o de 2014, na primeira vez que eles vieram ao Brasil”, conta.

Enquanto Jéssica já viu show dos ídolos, Amanda Louzada, 23 anos, verá pela primeira vez. Ela conseguiu comprar o ingresso que dá direito a assistir à passagem de som. “Acho que o valor traz um benefício pra gente que pode entrar primeiro, e ver o ensaio. É diferente do show, algo mais cru e pessoal, sem figurino e maquiagem. Não acho loucura pagar por esse ingresso. Todo mundo tem um artista preferido por quem pagaria caro pra ver de perto”, diz.

DANÇA

Os encontros no Espírito Santo são mais voltados para concursos de dança, já que o k-pop é uma fusão de música e coreografias elaboradas. Delta Dream Stage e Fantasy Dance Group são alguns dos grupos capixabas de dança k-pop. Hladini Guerra, 20 anos, é uma das integrantes do Fantasy, que conta com mais 19 pessoas. Os ensaios acontecem uma vez por semana e o grupo já se apresentou até fora do Estado.

Foto: Fantasy Dance Group/Divulgação
Fantasy Dance Group é um grupo de k-pop capixaba

“Nem sei como consegui (o ingresso), foi muito difícil. Será a primeira vez que vou a um show de k-pop. O BTS em especial fala sobre coisas que antes não era muito comum na Coreia porque existem muitos tabus. O k-pop me chamou atenção para a dança, e eu gosto bastante porque é um jeito de conhecer pessoas novas e ter contato com uma cultura completamente diferente da que estamos acostumados”, diz Hladini.

FIQUE POR DENTRO DO K-POP

BTS

O grupo formado por Jin, Suga, J-Hope, RM, Jimin, V e Jungkook desembarca no Brasil em maio.

EXO

Banda coreana e chinesa que atualmente é composta por nove membros. O grupo possui músicas em coreano, mandarim e japonês.

BIG BANG

A banda é formada por G-Dragon, T.O.P, Taeyang, Daesung e Seungri, integrante que anunciou recentemente que deixará a indústria de entretenimento.

MONSTA X

O grupo que se apresentou pela primeira vez no Brasil em agosto do ano passado deve retornar ao Brasil este ano.

GIRLS GENERATION

Depois de três integrantes saírem, as cinco que restaram formaram uma espécie de sub-grupo chamado Oh!GG.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online