Produtores de 'Simpsons' querem vetar episódio com voz de Michael Jackson

Cantor morto em 2009 é alvo de onda de boicotes devido a documentário que trata de abusos

Publicado em 08/03/2019 às 18h02

Episódio de 'Os Simpsons' que traz voz de Michael Jackson
Foto:Divulgação
Episódio de 'Os Simpsons' que traz voz de Michael Jackson

Produtores do desenho animado "Os Simpsons" querem tirar do ar um antigo episódio da atração que traz a voz do cantor Michael Jackson.

A decisão, anunciada à publicação The Wall Street Journal, é mais um capítulo da onda de boicotes ao músico, morto em 2009. Ele tem seu nome trazido de volta aos holofotes graças ao documentário "Leaving Neverland", que esmiúça acusações de que ele teria cometido abusos sexuais contra dois meninos nos anos 1990.

"É a única opção a fazer", disse James L. Brooks, um dos produtores do desenho, ao jornal americano. O episódio em questão, "Stark Raving Dad", foi ao ar na terceira temporada da longeva atração, em 1991, e traz o músico dublando um paciente psiquiátrico que acredita ser um astro do pop. 

Programadores de rádios do Canadá, da Holanda e da Nova Zelândia já afirmaram que não mais tocarão músicas do artista. E um site americano, o Radar Online, informa que várias das supostas vítimas de Jackson entraram com um pedido de exumação do corpo do cantor para realização de um exame de DNA que confirme abusos.

Leia também

"Leaving Neverland", que estreou no Festival Sundance, em janeiro, se ancora no depoimento de dois homens, hoje entre os 30 e 40, que afirmam ter sido violentados por Michael Jackson no começo dos anos 1990, quando eles tinham entre 7 e 10 anos. 

No último domingo (3), o filme foi ao ar no canal a cabo HBO, nos Estados Unidos, o que incrementou a onda de boicotes ao cantor. A família de Jackson chama a obra de "um linchamento público" e afirma que o músico é "100% inocente" das acusações.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online