Websérie capixaba conta história de justiça em 10 capítulos

"Resistentes 2" é a continuação da primeira temporada, com 30 pessoas no elenco, finalizando história de justiça do cotidiano

Publicado em 23/03/2019 às 07h24

Cena de "Resistentes 2", websérie de Abel Santana e outros 30 atores capixabas
Foto:Janini Paganini
Cena de "Resistentes 2", websérie de Abel Santana e outros 30 atores capixabas

Os 10 novos capítulos de "Resistentes 2 - A Justiça Será Feita" já estão disponíveis na internet. A websérie capixaba conta com elenco de 30 atores que protagonizam em uma história que retrata um caso do cotidiano. Nesta segunda temporada, o personagem principal, que age com um caráter duvidoso, terá o fim que merece, ao mesmo tempo em que a tônica da produção não depende de nenhum julgamento.

"Ele vai terminar sozinho, sem ninguém. Não é justiça propriamente dita. É uma justiça de ele colher o que plantou", adianta Abel Santana, que dá vida a Luiz Alberto Borges de Menezes na série e é também o roteirista e diretor da trama. "Ele perde o vínculo com a filha. Paga um preço alto pelas atitudes que teve", corrobora.

Segundo Abel, a ideia foi seguir com o mesmo objetivo da primeira temporada, que era ilustrar na web cenas do cotidiano. "Pode acontecer com qualquer um. Quem assiste fala isso. São situações muito comuns e personalidades que são comumente analisadas na sociedade", relata.

O diretor conta que a maior mudança da primeira parte para essa segunda versão é a atuação: "Alguns atores, que eram mais novos, saíram para se dedicar ao vestibular, fizeram intercâmbio ou foram morar fora. Então, eu só fiz algumas mudanças nesse sentido. Vão aparecer muitos parentes de pessoas, por exemplo", confidencia.

Os dez capítulos de "Resistentes 2 - A Justiça Será Feita" foram disponibilizados no YouTube, de uma vez, na última sexta-feira (19). Assista ao primeiro episódio da segunda temporada:

FILME EM ANDAMENTO

Leia também

Para 2019, Abel não pretende seguir com o projeto de elaborar mais uma websérie - ele já tem duas na conta. "Gosto de intercalar esses seriados com filmes, por exemplo. E, para este ano, é no que estou pensando. Um filme", diz.

A produção, que já tem nome e vai se chamar "Os Fortunato", vai contar a história de uma família que não se vê há muito tempo e decide fazer um churrasco para que todos possam se reencontrar. "Quando isso acontecer as pessoas vão perceber que há questões do passado não resolvidas e gente que sequer se conhecia dentro da família", adianta.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online