Arquitetura, pintura e arte na exposição "Cidades Abstratas"

Capixaba João César de Melo abre mostra comemorativa dos 20 anos de carreira nesta terça-feira (9), no Centro Cultural Sesc Glória

Publicado em 08/04/2019 às 19h54

Atualizado em 09/04/2019 às 12h13

Artista João César de Melo e sua exposição "Cidades Abstratas"
Foto:Marcelo Prest
Artista João César de Melo e sua exposição "Cidades Abstratas"

Das sete artes, a arquitetura é aquela que trata dos espaços e de suas organizações e a pintura é a que trata das cores. O arquiteto e pintor capixaba radicado em Santos João César de Melo apresenta, em sua nova exposição, “Cidades Abstratas”, 20 anos de junção dessas artes, uma combinação que marca de sua carreira.

Leia também

A mostra, que será aberta nesta terça-feira (9), no Centro Cultural Sesc Glória, mescla uma inspiração na arquitetura e em elementos das cidades. Uma das maiores inspirações de João César de Melo é o Centro de Vitória, sua cidade natal. João César, inclusive, tem três livros organizados sobre o bairro.

Para o artista, a paisagem urbana é uma combinação de elementos, conexões, estruturas, escalas e texturas. “Ao longo de minha vivência urbana, consciente e inconscientemente, absorvi como partidos conceituais e criativos, por exemplo: ruas, calçadas e fiação elétrica são linhas. Linhas de várias espessuras, que conectam várias coisas, elementos, áreas, espaços”, defende João César.

20 anos

A exposição marca os 20 anos de carreira de João César de Melo na pintura. Formado em Arquitetura e Urbanismo pela Ufes, tomou gosto pela pintura ainda durante a graduação.

“Primeiro, comecei a inserir em uns projetos da faculdade e, depois, resolvi pintar mesmo. O primeiro convite para uma exposição veio poucas semanas depois que eu pintei as primeiras telas”, lembra João César.

Mas todos esses anos de carreira, não significaram necessariamente uma melhora qualitativa nas obras, segundo o próprio artista. “Uma evolução em espiral. Estou sempre voltando a séries anteriores, pois trato cada obra como um ‘exercício estrutural’ no qual vou corrigindo erros e experimentando novos elementos, cores e composições“, explica o artista. Para ele, houve uma melhora no entendimento dos conceitos. “Continuo fazendo as mesmas coisas, mas de formas diferentes”.

A exposição que fica em cartaz até o dia 14 de julho, conta com 79 trabalhos do arquiteto capixaba e um mural feito no local por João, instigando o público a vislumbrar como é o processo de criação do artista.

"Cidades Abstratas" - Exposição de João César de Melo

Onde: Espaço Expositivo Levino Fanzeres, Sesc Glória. Av. Jerônimo Monteiro, 428, Centro, Vitória.

Abertura: terça-feira (9), às 19h30.

Visitação: de terça a sexta, das 11h às 20h; sábado e domingo, das 11h às 19h.

Entrada gratuita.

Informações: (27) 3232-4750.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online