Empresária capixaba Xuxu Neffa lança o seu primeiro romance

"Milagre em Passadouro: Três Religiosos e uma Cidade Esquecida por Deus", que satiriza sistema político, já está na lista dos mais vendidos

Publicado em 07/05/2019 às 20h14

Atualizado em 07/05/2019 às 20h14

Foto: Syd Lucas/Divulgação
Xuxu Neffa é contadora e empresária capixaba que lança seu segundo livro

Lúcia Neffa, mais conhecida como Xuxu Neffa, é uma empresária capixaba bem-sucedida, que leva a vida de uma forma objetiva e prática, sempre com uma meta a cumprir. Há pouco mais de um ano, Xuxu colocou uma nova meta em sua vida e acaba de cumpri-la: escrever um romance. “Milagre em Passadouro: Três Religiosos e uma Cidade Esquecida por Deus”, a obra que será lançada no dia 8 de maio, em Vitória, já figura nas listas de livros de ficção mais vendidos da “Ilustrada”, do jornal “Folha de S.Paulo”.

“O romance sempre foi uma subjetividade que não sabia que existia dentro de mim, que tenho um cunho empresarial fortíssimo, sempre com metas a cumprir. Mas faço aulas de português desde 2012 com o professor Carlos Laet de Oliveira. E aí queria desenvolver essa arte da escrita, essa eloquência, esse convencimento que a escrita pode fazer perante o leitor e comecei a escrever o livro despretensiosamente”, conta Xuxu.

Aos poucos, a pequena cidade fictícia de Passadouro do Norte tomou forma, seus personagens como o pastor Ribamar, a mãe de Santo Tê e a beata Vitalina ganharam vida e a história foi crescendo. A pacata cidade no interior do Brasil não possui atrativo algum, e é mais um local tomado pelo descaso público e pela corrupção dos poderosos da região.

Seus personagens principais sonham em transformar a cidade em um polo turístico religioso, através de um milagre, e começam a planejar o feito. No meio do caminho, ganância, imoralidade, corrupção se cruzam, mostrando que de perto, ninguém é perfeito, e o mundo ideal está longe de ser real.

“Se você analisar ninguém é perfeito e ninguém está moralmente acima de ninguém para apontar o dedo e acusar o outro de qualquer coisa. O homem o tempo todo se oculta de si mesmo. Então, de maneira romanesca, eu tento expor no livro que as pessoas não devem acusar o outro porque não sabemos o que podemos vir a fazer em determinada circunstância. O livro tem um fundo moral muito grande”, adianta Xuxu.

A saga do trio e dos moradores de Passadouro são pontuadas por intervenções da própria autora e de sua irmã, Flávia Neffa. As irmãs aparecem na trama dando palpites nas atitudes dos personagens, tentando intrometer na conduta das pessoas, mas sem êxito.

LINGUAGEM

As aulas semanais de português de Xuxu acabaram se tornando encontros prazerosos em que ela se deixa envolver pela riqueza da língua portuguesa e seus autores. A empresária e escritora quis explorar em “Milagre de Passadouro” a pureza da língua misturada a linguagem atual, para não ser tão monótona. E ela consegue ao obedecer as normas cultas sem deixar de lado expressões populares, como bem destaca José Augusto Carvalho, Doutor em Letras, na apresentação do livro.

O primeiro livro de Xuxu Neffa veio em 2015. “Os Sete Pecados Empresariais” narra sua história e a trajetória do grupo empresarial de sua família. Quatro anos depois ela lança a nova obra que já está na lista dos livros de ficção mais vendidos, ao lado de grandes autores. “Isso foi uma surpresa muito agradável, não esperava. Acho que esse livro colou porque ele mostra de uma maneira leve a realidade. O que as pessoas querem esconder, eu mostro”, resume Xuxu.

Livro "Milagre em Passadouro"
Foto:Editora Única
Livro "Milagre em Passadouro"

CONFIRA

Milagre em Passadouro. Lúcia (Xuxu) Murad Neffa. Editora Única, 144 páginas. Quanto: R$ 34,90. Lançamento no dia 8 de maio, às 18h, no Centro de Convenções de Vitória. 

 

 

Compartilhe



Mais no Gazeta Online