Amaro Lima grava com Macucos e lança músicas até o fim do ano

"Quando Toca o Reggae" é uma parceria do músico com a banda de Vila Velha

Publicado em 12/07/2019 às 13h38

Foto:Reprodução/Instagram @realamarolima

A onda das plataformas digitais chegou com tudo há algum tempo. Agora, é Amaro Lima que quer explorá-la ao máximo: daqui até o fim do ano, o músico pretende lançar um single inédito por mês para reaquecer a carreira. O cantor ex-Manimal acabou de gravar "Quando Toca o Reggae", em parceria com o grupo Macucos, seu terceiro trabalho de 2019.

Amor, consciência, luta e espiritualidade. Essas quatro coisas estão na letra da música de alguma forma, tratando desses temas
Amaro Lima, cantor

Em entrevista exclusiva ao Gazeta online, ele destaca sobre a mensagem que quis passar e revela inspirações para as suas próprias criações: "A música é minha. O processo de composição é quase sempre igual para mim. Começa com a melodia, em seguida com uma frase e depois a música completa. 'Quando Toca o Reggae' toca o amor na minha cabeça". Para o cantor, o single e clipe, que foram lançados na web no fim de junho, falam sobre o amor e resgatam lugares históricos do Espírito Santo.

> Amaro abre o jogo sobre o estado de saúde de Alexandre Lima

"Minhas letras sempre falam do meu cotidiano e pensei em falar de lugares, também. O refrão casou de eu conseguir falar de alguns ambientes que são ícones do reggae no Estado, como Manguinhos, Barra do Jucu e Curva da Jurema, e deu para mostrar um pouco das belezas do Espírito Santo. Gosto de escrever sobre o que eu vivo e é uma ilustração do que o reggae pode fazer, que é transmitir algo positivo", conclui.

Veja o clipe de "Quando Toca o Reggae", de Amaro Lima e Macucos:

MÚSICA NOVA TODO MÊS

Daqui até, ao menos, o fim do ano, Amaro pretende lançar um single por mês para explorar ao máximo o público que o acompanha na internet. Ele, que tem milhares de seguidores nas redes, adianta que vai focar nessa ideia pelos próximos meses. Mas, além disso, também prepara novo show para estrear antes do fim do ano e novas parcerias.

> Artistas capixabas falam da influência de Elton John em suas carreiras

"A parceria com o Macucos aconteceu porque sempre os admirei muito e, quando pensei no reggae, pensei em chamá-los. Fiquei muito feliz de eles terem topado", comenta ele, dizendo que ambos já participaram das carreiras um dos outros, mas que nunca antes tiveram a oportunidade de gravar uma canção juntos: "É a primeira vez. Agora, essas novas músicas devem ter mais parcerias".

Leia também

Segundo o cantor, um novo show deve estrear em outubro. Até lá, o que ele está cantando é "Hits Capixabas", que contempla repertório que brinda os grandes sucessos do artista ao longo da carreira - principalmente na era pós-Manimal, banda que tinha

com o irmão, Alex Lima

. "Esse é um show meu, solo, que eu já faço há algum tempo. Quando o show novo vier, com novas músicas e lançamentos mais recentes, vou apostar as fichas nele, é claro", conclui.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online